quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Raquel Mara Lopes Correia, uma educadora nota dez.

http://raquelcorreiaescritora.blogspot.com/
Educar com amor é algo muito maior que simplesmente educar.
Sorrir e chorar com nossos educandos é saber reconhecer os melhores e piores momentos da vida do educador.
Façamos a nossa parte. Nesse sentido, continuamente só para contrariar os incrédulos.
O brasileiro sabe valorizar o conhecimento. Somos uma nação muito jovem e queremos aprender mais.
Na pessoa de Raquel Correia: Pedagoga - Especialista e Mestre em Educação - Escritora - Contadora de Histórias,a equipe do Ch Penha Projetos Educacionais parabeniza os educadores do Brasil.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Recôncavo: Revista de História da Uniabeu.

http://www.uniabeu.edu.br/publica/index.php/reconcavo/issue/current
Divulgação solicitada por: Carlos Eduardo M. Araújo. Professor Adjunto do Programa de Mestrado em História - Universidade Severino Sombra (USS). Editor Recôncavo. Revista de História da Uniabeu. Coordenador PROAPE / PROBIN - Uniabeu.

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Pontifícia Universidade Católica Americana

A Pontifícia Universidade Católica Americana (PUCA) oferece um ensino de primeira qualidade com custos acessíveis, atuando em várias partes do mundo com um amplo currículo: artes liberais, teologia, filosofia e programas profissionais, como arquitetura, economia e administração, educação, jornalismo, direito, física.
Na PUCA, os estudantes são inspirados por um ambiente acolhedor e trabalham lado a lado com eminentes pesquisadores e profissionais envolvidos em novas descobertas. Assim, todos alcançam maturidade para atuar no serviço à comunidade, nos pequenos empreendimentos locais e nas grandes organizações multinacionais. Há mais de uma década, temos oferecido programas que combinam o estudo acadêmico rigoroso com a oportunidade da experiência de aprendizado no exterior. Aliando várias atividades comunitárias, a PUCA gera oportunidades de explorar a cultura e os ambientes naturais de cada país que o aluno esteja visitando. Os nossos programas oferecem uma combinação ideal de qualidade acadêmica proeminente, imersão cultural verdadeira e atividades de extensão, extracurriculares e de lazer, associadas às oportunidades sociais e pessoais de um criterioso ambiente universitário.
A nossa equipe de professores e funcionários tem vários anos de experiência no trato com pessoas de várias nacionalidades. Por isso, a projeção da PUCA em programas internacionais satisfaz plenamente os interesses pessoais e as metas acadêmicas exigidas pela pós-modernidade. Explore a PUCA – Pontifícia Universidade Católica Americana. Ver http://www.apcuniversity.org/br/ Venha ser um dos nossos! Estude com gente que gosta do que faz. Responsavel: Bispo José Moreno. APC University - Divisão Brasil. Caixa Postal 10150, CEP:23050-970. Rio de Janeiro/RJ. Tel. (21)3514-7067. Ver também: http://anglicanalivre.org.br/index.php/escolas

Instituto Superior de Teologia Anglicana Livre -

http://anglicanalivre.org.br
Informações básicas. *Parecer do MEC define aproveitamento dos cursos livres de teologia. O Parecer 63/2004, aprovado pela Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação – MEC, de 19/2/2004, permite "... o aproveitamento de estudos feitos em cursos livres de Teologia por cursos superiores de Teologia legalmente autorizados ou reconhecidos". O currículo do Instituto Superior de Teologia Anglicana Livre (ISTAL) está adequado às exigências legais visando a integralização de créditos e a subsequente obtenção do registro do título junto ao MEC. O ISTAL não ministra a integralização, mas orienta e encaminha os interessados para IES credenciadas pelo MEC. *O curso livre de teologia dá direito à pós-graduação? -Sim. O parecer CFE 345/81 e a Lei Federal 6923, de 29/11/1981, designam o curso livre de teologia como curso superior que pode ser usado como suporte para a pós-graduação. O ISTAL mantém convênio com diversas IES e oferece pós-graduações lato sensu (360 horas) em Ciências da Religião, Aconselhamento e Psicologia Pastoral e outras, reconhecidas pelo MEC. Estes cursos são presenciais. *A profissão de teólogo é reconhecida? - Sim. A profissão de teólogo está regulamentada no Ministério do Trabalho, sob o código 2631-15 da CBO - Classificação Brasileira de Ocupações. *O aluno é constrangido a crer do jeito episcopal-anglicano? - Não. Embora seja mantida por uma Igreja de rito anglicano, o ISTAL tem uma filosofia didático-pedagógica abrangente, voltada para o estímulo e o exercício da consciência responsável. A equipe do ISTAL é totalmente a favor da liberdade de pensamento e expressão. Mantenedora: O ISTAL é mantido pela Igreja Anglicana das Américas, através da sua expressão brasileira, a Igreja Episcopal Anglicana Livre (http://anglicanalivre.org.br) Seu Chanceler é o Revmo. Arcebispo Michael Bland Simmons e o seu Reitor é o Revmo. Bispo José A. Peraçoli Moreno. Matricule-se já! Maiores informações, ligue: (11) 4063-8861 (21) 3514-7067 (31) 4062-7631

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

“Ciências e Cognição 2012″

28 a 30 de março de 2012. Rio de Janeiro – RJ. Local: Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Rio de Janeiro. O evento “Ciências e Cognição 2012″ - II Encontro Anual de Ciências e Cognição congregará atividades voltadas para o estudo multidisciplinar dos fenômenos cognitivos. O evento acontecerá estre os dias 28 e 30 de março de 2012 (manhã e tarde, na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). TEMAS: Serão abordados trabalhos relacionados com os temas: Transtornos de Aprendizagem (TDAH, Dislexia, Afasia), Neuroeducação, Neuroestética, Processos Cognitivos (Modelos Mentais, Leitura, Escrita), Divulgação e Alfabetização Científica e outros. ATIVIDADES: IV Seminário Ciências e Cognição: Neurociências Aplicadas à Educação (seções: Neuroeducação; Neuroestética; Distúrbios de Linguagem). Mesas- redondas (Modelos Mentais e Divulgação Científica; Gênero, Cognição e Ensino; Deficiências Cognitivas). Neurocine (exibição de filme e debate com especialistas sobre TDAH). Conferências. Exposição de Trabalhos (pôsteres) (ver seções temáticas abaixo). Workshops. Cursos. COORDENAÇÃO E PROMOÇÃO: O evento é coordenado pela Organização Ciências e Cognição (OCC) e por Ciências e Cognição – Núcleo de Divulgação Científica e Ensino de Neurociências (CeC-NuDCEN/UFRJ). APRESENTAÇÃO DE PÔSTERES: Para maiores informações sobre apresentação de pôsteres, acesse o link “Inscrição” (ao lado). INSCRIÇÃO DE GRUPOS DE TRABALHOS (GTs): Os inscritos interessados poderão apresentar propostas para seus Grupos de Trabalhos (GTs). As atividades dos GTs ocorrerão durante o evento e constituirão núcleos de debate para discussão entre os grupos registrados e aceitos. Somente inscritos poderão propor a realização de GTs. Procedimento para inscrição de Grupos de Trabalhos: 1. Após a finalização do processo de inscrição, um inscrito (com grau mínimo de Mestre) poderá encaminhar à organização do Encontro, solitação para a realização de reunião de GT durante o evento. O e-mail com a solicitação deverá indicar até 2 (dois) coordenadores do GT, dos quais ao menos um já deverá estar inscrito, e no mínimo dois outros participantes, para compor o GT. 2. Uma vez aprovado o GT, todos os coordenadores e participantes deverão necessariamente formalizar sua inscrição no evento para que seja concluída a aprovação do GT.. 3. Para os GTs aprovados, será designada sala de discussão, aberta à participação de outros participantes do evento, em data e horário a ocorrer durante o evento, designada pela organização, conforme grade do encontro.. O objetivo de uma reunião de Grupo de Trabalho (GT) durante o evento: - apresentar e debater os trabalhos do grupo e linha de pesquisa com possíveis interessados em estabelecer parcerias; - alinhar os trabalhos do grupo e discutí-los à luz dos temas debatidos durante o evento; - firmar parcerias e acordos; - outros. Maiores detalhes pelo e-mail: assessoria@cienciasecognicao.org

Ferramenta de uso pessoal.

A intenção do livro é ensinar as pessoas a transformarem simples proposições em convites extremamente poderosos que dificultem as pessoas a dizerem NÃO. Não importa se é um grande negócio ou se é apenas um convite pessoal. Hirata cita que uma das coisas sobre vendas e negociação e uma das coisas sobre a vida é que, se você não faz com que as coisas sejam mais interessantes, elas se tornam desinteressantes. Baseado em muitas práticas do autor como negociador e mediador de conflitos, o livro é uma coletânea de seus ensinamentos como professor e consultor na área de negociação no mundo corporativo. A idéia do livro é transmitir ferramentas de uso pessoal e de utilização diária em qualquer ambiente onde seja necessário utilizar a competência de persuasão. No livro são abordadas técnicas capazes de criar um estado interno nas pessoas que torne qualquer atividade em si motivadora e impulsionadora a tomar boas decisões. Mais informações em http://www.hirataconsultores.com.br/editora.asp

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Mestrado Acadêmico do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (PPGPSI) da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)

SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL. UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DO RIO DE JANEIRO. INSTITUTO DE EDUCAÇÃO. PRÓ-REITORIA DE PESQUISA E PÓS-GRADUAÇÃO. PPGPSI - PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM PSICOLOGIA. M E S T R A D O- EDITAL Nº 01/2012. Seleção de candidatos(as) às 15 vagas do Curso de Mestrado Acadêmico do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (PPGPSI) da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), para o ano letivo de 2012. APRESENTAÇÃO: O PPGPSI da UFRRJ iniciará suas atividades com o curso de MESTRADO ACADÊMICO. O Programa tem como área de Concentração - PSICOLOGIA e inclui pesquisas que valorizam a diversidade das tendências teóricas e metodológicas na área. As duas linhas de pesquisa oferecidas são: Linha de Pesquisa 1: Processos Psicossociais e coletivos- A linha se caracteriza por privilegiar o arcabouço teórico e metodológico no campo da psicologia social. Inclui pesquisas nas áreas: territórios de existência, ambiente, construção de subjetividades, representações sociais, memória social, identidade social com diferentes objetos de pesquisa, entre os quais, educação, saúde, raça, juventude, gênero e cultura. Professores Permanentes: Dr.Denis Giovani Monteiro Naiff - http://lattes.cnpq.br/7130312932739910. Dr.Luciene Alves Miguez Naiff - http://lattes.cnpq.br/8033891142878879. Dr.Nilton Sousa da Silva - http://lattes.cnpq.br/3803335892269540. Drª Rosa Cristina Monteiro - http://lattes.cnpq.br/4703453783397917. Professor colaborador: Dr.Celso Pereira de Sá - http://lattes.cnpq.br/1455543858431600. Linha de Pesquisa 2: Desenvolvimento Cognitivo, Humano e Social- A linha reúne investigações nas áreas de desenvolvimento cognitivo, desenvolvimento humano e desenvolvimento social em suas diversas matrizes teóricas e metodológicas. Inclui pesquisas nas áreas de: bem-estar subjetivo, estresse, saúde mental, saúde pública, educação, trabalho e desenvolvimento pessoal em interfaces com os temas de aprendizagem, cognição humana e comportamento. Professores Permanentes: Drª.Lilian Miranda - http://lattes.cnpq.br/3915122967348408. Dr. Marcos Aguiar de Souza - http://lattes.cnpq.br/8330562093476420. Drª.Valéria Marques de Oliveira - http://lattes.cnpq.br/5123633584695574. Dr.Wanderson Fernandes de Souza - http://lattes.cnpq.br/7822122440477341. Professores Colaboradores: Drª.Carla Cristine Vicente - http://lattes.cnpq.br/4123812582222156. Dr. Rodolfo de Castro Ribas Junior - http://lattes.cnpq.br/3905909456640464. 1. DA INSCRIÇÃO NO PROCESSO DE SELEÇÃO - A inscrição no processo seletivo de candidatos (as) ao curso de Mestrado Acadêmico do PPGPSI, para o ano letivo de 2012, deverá ser efetuada pessoalmente pelo interessado ou por procurador devidamente constituído. Poderão inscrever-se no processo seletivo: I) Candidatos (as) brasileiros(as) ou estrangeiros(as) portadores(as) de diploma de graduação plena em instituição de ensino superior cujo curso seja reconhecido pelo MEC. II) Candidatos (as) brasileiros(as) portadores(as) de diploma de graduação plena em instituição estrangeira devidamente convalidado por instituição de ensino superior brasileira reconhecida pelo MEC, de acordo com as normas legais. III) Candidatos (as) estrangeiros (as) portadores (as) de diploma de graduação plena em instituição de ensino superior comprovadamente reconhecida pelas autoridades oficiais do respectivo país. IV) Candidatos (as) com previsão de conclusão de curso de graduação para o segundo Semestre de 2011, desde que apresente no ato da inscrição uma declaração da respectiva Coordenação de Curso de previsão de colação de grau em tempo hábil para a efetivação de matrícula no Curso de Mestrado no período estipulado no item 3.1. Obs. O (a) candidato(a), ao apresentar a documentação requerida no ato da inscrição, se responsabiliza pela veracidade de todas as informações prestadas. 1.1. PERÍODO DE INSCRIÇÃO: As inscrições serão efetuadas na Secretaria da PROPPG (Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós- Graduação) em dias úteis, no período de 20/12 /2011 a 20/01/2012, no horário das 9h às 11:30h e das 13:30h às 16h. 1.2. INSCRIÇÃO POR VIA POSTAL: As inscrições poderão também ser efetuadas por via postal por meio exclusivo de SEDEX, postadas até o dia 18/01/2012. As inscrições postadas por este meio após essa data não serão homologadas. Secretaria do PROPPG - UFRRJ – Campus Seropédica, sala 115, P1 BR 465 Km 7, Seropédica, RJ - CEP: 23890-000. Tel./Fax: (21) 26814707. 1.3. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA INSCRIÇÃO: No ato da inscrição, toda documentação deverá ser entregue na secretaria da PROPPG, em ENVELOPE FECHADO, constando no envelope o NOME DO CANDIDATO E NOME DO CURSO. Deverão ser entregues cópias dos seguintes documentos e os itens assinalados com asterisco (*) deverão ser cópias autenticadas: I) Ficha de inscrição. Disponível na Secretaria Acadêmica PROPPG e na página eletrônica http://www.ufrrj.br/portal/modulo/dppg/ Atenção aos ítens abaixo: II) Pré-Projeto, conforme estabelecido no item 2.2, em 3 (três) vias. III)(*) Cópia do Diploma de Graduação, do certificado de conclusão ou da declaração da Coordenação do respectivo curso com a previsão da data de colação de grau em tempo hábil para a efetivação da matrícula no Curso de Mestrado. IV) Histórico Escolar do Curso de Graduação.(*) V) Currículo Lattes em versão impressa (disponível para preenchimento no endereço http://lattes.cnpq.br , com comprovantes anexos). VI) Cópia de Documento de Identidade. VII) Cópia do CPF. VIII) Cópia do Título de Eleitor e dos comprovantes da última votação. IX) Comprovante original de pagamento da taxa de inscrição. Não haverá devolução da taxa. O endereço para a impressão do GRU é: https://consulta.tesouro.fazenda.gov.br/gru/gru_simples.asp. OBS: Os documentos que foram entregues como cópias simples no ato da inscrição nos itens VI, VII, VIII, deverão ter suas versões originais apresentadas no ato da matrícula. 1.4. ORIENTAÇÃO PARA PREENCHIMENTO DA GRU (a ser atualizada em informações complementares): Código da Unidade Favorecida: 153166. Gestão: 15240. Código de Recolhimento: 28830-6. Número de referência: ano. Competência: mês/ano. Vencimento: ____/____/2012 – É a data de pagamento da GRU. OBS: O vencimento não pode ultrapassar a data máxima que finaliza as inscrições. CNPJ ou CPF: é o número do CPF do(a) candidato(a). Valor: R$ 45,00. 1.5. HOMOLOGAÇÃO DA INSCRIÇÃO: Terão as inscrições homologadas pela Comissão de Seleção apenas os(as) candidatos(as) que apresentem toda a documentação exigida dentro do prazo previsto para a inscrição no processo seletivo, conforme os itens 1.1 e 1.2 do presente Edital. A Comissão de Seleção divulgará a lista de inscrições homologadas no mural da Secretaria do PPGPSI e no site http://www.ufrrj.br/portal/modulo/dppg/ conforme calendário do processo seletivo detalhado no item 2.8. 1.6. LOCAL DA INSCRIÇÃO: Secretaria do PROPPG - UFRRJ – Campus Seropédica, sala 115, P1 BR 465 Km 7, Seropédica, RJ. CEP.: 23890-000. Tel./Fax: (21) 26814707. http://www.ufrrj.br/portal/modulo/dppg/ 2. DO PROCESSO DE SELEÇÃO: A seleção dos(as) candidatos(as) é de responsabilidade da Comissão de Seleção instituída pelo Colegiado do PPGPSI. A seleção será feita obedecendo às seguintes fases: FASES DA SELEÇÃO: Prova escrita - Eliminatória. Análise do Pré- projeto de pesquisa - Eliminatória. Defesa Oral do Pré-projeto de pesquisa - Eliminatória. Análise do Curriculum Vitae no formato lattes - Classificatória. Proficiência em língua estrangeira: Inglês- Condicional à conclusão do curso. O endereço onde serão realizados os exames escritos, de língua e defesa oral será definido pela comissão organizadora e será divulgado no momento de homologação das inscrições. 2.1. PROVA ESCRITA: A prova escrita objetiva avaliar a capacidade de articulação (coerente, atualizada, criadora e crítica) de aspectos teóricos que fundamentam a área de concentração e a linha que o(a) candidato(a) se propõe a participar. Essa etapa será realizada no Instituto de Educação, Campus de Seropédica. 2.2. ANÁLISE DO PRÉ-PROJETO DE PESQUISA: O Pré-Projeto de Pesquisa proposto pelo(a) candidato(a) deverá estar devidamente articulado com o propósito do PPGPSI e, em especial, com a linha de pesquisa que o(a) candidato(a) pretende se inserir. Os Pré-Projeto devem ser entregue em 3(três) vias e deverão ter no máximo 15 laudas em espaço 1,5, fonte Times New Roman 12, margens 2,5 e contemplar os seguintes itens: a) Capa com o nome do (a) candidato(a) e título do pré-projeto; b) Folha de Rosto apenas com o Título, resumo de no máximo 10 linhas, nome da linha de pesquisa em que o pré-projeto será inserido; c) Problema e Justificativa da pesquisa; d) Objetivos; e) Referencial teórico: nela deverá ser indicado o referencial teórico da pesquisa; f) Metodologia: as técnicas e os procedimentos que serão adotados para tratar o assunto proposto; g) Cronograma: o Plano de Trabalho deverá apresentar uma enumeração clara das etapas da pesquisa e o tempo estimado para sua realização, considerando o período máximo de 24 meses; h) Referências bibliográficas: o Plano de Trabalho deverá listar, e fazê-lo conforme as normas da American Psychological Association (www.apa.org) , e conter somente a bibliografia utilizada na elaboração do texto do Plano de Trabalho; 2.3. DEFESA ORAL DO PRÉ-PROJETO: A defesa oral do plano de trabalho objetiva analisar: o desenvolvimento do(a) candidato(a) na argumentação de idéias e conceitos contidos no Pré-Projeto de Pesquisa proposto; demonstração de capacidade para desenvolvê-lo; viabilidade de sua execução e aderência da proposta às linhas de pesquisa. A defesa oral do Pré-Projeto de Pesquisa será feita diante de uma banca examinadora instituída pela Comissão de Seleção. Na ocasião, o candidato também poderá ser arguido pela banca sobre a análise do Curriculum Vitae. Essa etapa será realizada no Instituto de Educação, Campus de Seropédica. 2.4. ANÁLISE DO CURRICULUM VITAE: Os seguintes itens serão avaliados: a) Curriculum Vitae (Modelo Lattes ampliado do CNPq):  Formação e experiência profissional: Curso de extensão ((na área e em área afim); Curso de aperfeiçoamento (na área e em área afim); Curso de especialização Lato sensu (na área e em área afim); Monitoria de ensino com comprovação institucional (na área e em área afim); Experiência Profissional na área de educação formal e/ou não formal (docência, gestão educacional ou atividade de apoio, atuação no movimento social).  Pesquisa e produção acadêmica: Participação em eventos (ouvinte, comissão organizadora e palestra /comunicação científica); Bolsista de iniciação científica e/ou de extensão; Participação em grupo de pesquisa; Publicações. OBS: Todos os itens devem ser documentados de forma clara e completa. Os comprovantes deverão ser numerados conforme a ordem em que forem citados no Currículo Lattes. Não serão considerados os itens do Currículo Lattes que não estiverem devidamente comprovados, assim como os comprovantes que não forem mencionados no Currículo Lattes. 2.5. PROFICIÊNCIA EM LÍNGUA ESTRANGEIRA: A prova de proficiência avaliará a capacidade de compreensão e interpretação de texto da área de Psicologia escrito em inglês. O(a) candidato(a) não considerado(a) apto(a) na primeira tentativa durante a seleção terá a oportunidade de realizar a prova de proficiência em língua estrangeira no final do primeiro semestre e na próxima seleção do PPGPSI totalizando 3 tentativas máximas no período dos 12 meses iniciais. O(a) candidato(a) que não for aprovado(a) em pelo menos um dos exames de proficiência em língua estrangeira do PPGPSI será desligado(a) do Curso. 2.6. AVALIAÇÃO E RESULTADOS FINAIS: Nota mínima para aprovação em todas as etapas eliminatórias do processo seletivo: 7,0 (sete); Será eliminado do processo seletivo o(a) candidato(a) que obtiver nota inferior a 7,0 (sete) em qualquer uma das etapas eliminatórias. 2.7. PUBLICAÇÃO DO RESULTADO: A relação dos(as) candidatos(as) selecionados(as), em ordem classificatória,será divulgada na Secretaria do PPGPSI, no Instituto Educação – Campus da UFRRJ em Seropédica- na data prevista no item 2.8, na página do PROPPG http://www.ufrrj.br/portal/modulo/dppg/. 2.8. CALENDÁRIO DO PROCESSO SELETIVO: Período de inscrição - 20 /12 /2011 a 20/ 01 /2012 – presencial. 18/01/2012 – Via postal por SEDEX. Publicação da Lista de Inscrições Homologadas - 26 /01 /2012. Prova Escrita - 01/02 /2012. Resultado da Prova Escrita - 05/02/2012. Resultado da Análise do Pré-Projeto de Pesquisa - 05/02/2012. Defesa Oral do Pré-Projeto de Pesquisa - 07/02/2012 a 09/02/2012. Prova de Proficiência em Língua Estrangeira - 10/02/2012. Resultado Final - 01/03/2012. Matrícula - 05/03/2012 a 09/03/2012. 3. DA MATRÍCULA: A admissão dos (as) candidatos (as) selecionados (as) no curso se concretizará pelo seu registro de matrícula na secretaria do PPGPSI . Não será permitido o registro de matrícula concomitante em mais de um curso de pósgraduação da UFRRJ ou de qualquer outra instituição pública de ensino superior. Os (as) candidatos(as) selecionados(as) que não efetivarem seus registros de matrícula no prazo estabelecido no item 2.8 serão considerados desistentes e suas vagas poderão ser preenchidas por candidatos(as) classificados(as) no processo seletivo, de acordo com a ordem de classificação. 3.1. PERÍODO DE MATRÍCULA: A matrícula deverá ser efetuada no período de 05 de março a 09 de março de 2012 no horário de 9:00 hs às 11:30 e das 13:30 às 16 hs no INSTITUTO DE EDUCAÇÃO, Secretaria do PPGPSI - Programa de Pós-Graduação em Psicologia – Sala 19 Campus de Seropédica – RJ. 3.2. DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA: No ato do registro de matrícula, os(as) candidatos(as) aprovados(as) deverão apresentar original dos documentos que não foram entregues com cópia autenticada (identidade, CPF e título de eleitor) e ainda apresentar diploma ou certificado de conclusão do respectivo curso devidamente validado no ato de matrícula na secretaria do PPGPSI. 4. DAS DISPOSIÇÕES GERAIS: a) A inscrição do candidato implicará conhecimento e aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital, não sendo aceita alegação de desconhecimento. b) Os casos omissos no presente Edital serão resolvidos pela Comissão de Seleção. c) A documentação dos candidatos não selecionados no processo seletivo ficará à disposição dos respectivos interessados para retirada, na Secretaria do Programa de Pós-Graduação em Psicologia, por um prazo não superior a 30 (trinta) dias, a contar da divulgação do Resultado Final da Seleção. Após esse prazo, os documentos restantes serão incinerados. A Comissão de Seleção; Seropédica Dezembro 2011. BIBLIOGRAFIA BÁSICA SUGERIDA: BRAGHIROLLI, E. M. et al. Psicologia geral. 29. ed. Petrópolis: Vozes, 2010. CAMPOS, R. H. F. . Dicionário Biográfico da Psicologia no Brasil: pioneiros. Brasília: Conselho Federal de Psicologia e Imago, 2001. p. 53-58. PISANI, Elaine Maria. Psicologia geral. Petrópolis: Vozes, 1990. BAPTISTA, Makilim Nunes; Campos, Dinael Corrêa de. Metodologias de Pesquisa em Ciências: Análises Quantitativa e Qualitativa. Rio de Janeiro: LTC, 2007 BARROS, A. J. P. Projeto de pesquisa: propostas metodológicas. 14ª ed. Petrópolis: Vozes, 2003 .

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Jooble: Não fique desempregado.



jooble-br.com

Contatos:

Natalia Perez
Account Manager

Tel: +44 (0) 800 098 8516
E-mail: npe@jooble.com
Skype: nataliya.perez84

www.jooble.org

Associação Nacional dos Professores Universitários de História - ANPUH.

Saiba mais.

Em 19 de outubro de 1961 foi fundada, na cidade de Marília, estado de São Paulo, a Associação Nacional dos Professores Universitários de História, ANPUH. A entidade trazia na sua fundação a aspiração da profissionalização do ensino e da pesquisa na área de história, opondo-se de certa forma à tradição de uma historiografia não- acadêmica e autodidata ainda amplamente majoritária à época.

Atuando desde seu aparecimento no ambiente profissional da graduação e da pós-graduação em história, a ANPUH foi aos poucos ampliando sua base de associados, passando a incluir professores dos ensinos fundamental e médio e, mais recentemente, profissionais atuantes nos arquivos públicos e privados, e em instituições de patrimônio e memória espalhadas por todo o país. O quadro atual de associados da ANPUH reflete a diversidade de espaços de trabalho hoje ocupados pelos historiadores em nossa sociedade. A abertura da entidade ao conjunto dos profissionais de história levou também à mudança do nome que, a partir de 1993, passou a se chamar Associação Nacional de História, preservando-se contudo o acrônimo que a identifica há mais de 40 anos.

A cada dois anos, a ANPUH realiza o Simpósio Nacional de História, o maior e mais importante evento da área de história no país e na América Latina. O XXVI Simpósio Nacional, o mais recente do gênero, foi realizado de 17 a 22 de julho de 2011, na Universidade de São Paulo. O próximo Simpósio Nacional de História, em sua vigésima-setima edição, acontecerá no Rio Grande do Norte. No intervalo entre dois simpósios nacionais, as Seções Regionais organizam seus encontros estaduais.

No Estatuto da Associação, estão definidos seus propósitos:

“Art. 4°. – A presente Associação tem por objetivos: a. O aperfeiçoamento do ensino de História em seus diversos níveis; b. O estudo, a pesquisa e a divulgação de assuntos de História; c. A defesa das fontes e manifestações culturais de interesse dos estudos históricos; d. A defesa do livre exercício das atividades dos profissionais de História; e. A representação da comunidade dos profissionais de História perante instâncias administrativas, legislativas, órgãos financiadores e planejadores, entidades científicas ou acadêmicas.

Art. 5° - Para garantir seus objetivos, a Associação deverá promover o intercâmbio de idéias entre seus associados por meio de reuniões periódicas e publicações, procurando também irradiar suas atividades por meio de suas Seções Estaduais e Regionais”

A ANPUH publica semestralmente, a Revista Brasileira de História, uma das mais respeitadas publicações da área de história no país e, desde 2003, a revista eletrônica História Hoje.

Entre em contato.


http://www.anpuh.org

Congresso Nacional de Pesquisas em Tradução e Interpretação de Libras e Língua Portuguesa

Maiores informações sobre o Evento em:
http://www.congressotils.cce.ufsc.br/2012/evento.html

O III Congresso Nacional de Pesquisas em Tradução e Interpretação de Libras e Língua Portuguesa estará reunindo pesquisadores convidados de outros países e pesquisadores brasileiros para discutir sobre as pesquisas que envolvem a tradução e interpretação de língua de sinais de e para língua portuguesa.

O tema central deste Congresso foca nas questões relativas à ética. A ética perpassa as atividades de tradução e interpretação, pois o texto que resulta destas práticas pode tem desdobramentos de ordem científica, política e social. As questões relativas às normas Surdas de tradução que estão os não presentes nos textos traduzidos refletem aspectos éticos da relação com os envolvidos nas atividades de tradução de e para a língua de sinais. As relações entre os tradutores e intérpretes com os envolvidos no ato comunicativo nas língua de sinais e português são determinadas por questões éticas. Assim, este evento dedicar-se-á a discutir aspectos éticos mais amplos e mais específicos da tradução e interpretação de e para Libras e o português.

O congresso também objetiva afirmar as pesquisas em tradução e interpretação da Libras no campo dos Estudos de Tradução e Interpretação.

Este congresso tem como público alvo intérpretes e tradutores de língua de sinais, surdos e demais profissionais interessados no tema.

Trabalhos

Submissões de trabalhos para apresentação oral/sinais e pôster:

Os trabalhos deverão ser inscritos por meio de um resumo de 500 palavras incluindo o título, na modalidade de Comunicação Oral/Sinais ou Pôster, dentro de um dos eixos temáticos apresentados a seguir. Os resumos devem ser encaminhados até o dia 15 de abril de 2012 por email para congressotils@projectaeventos.com.br

Os resumos devem incluir as seguintes informações:

- Modalidade ( ) comunicação oral/sinais ( ) pôster
- Título
- Autor(es)
- Introdução
- Objetivos do trabalho
- Resumo da metodologia utilizada
- Principais resultados e conclusões

A comissão científica selecionará até 40 pôsteres, 28 comunicações e 06 reservas. Os reservas estarão ordenados e apresentarão seus trabalhos, caso algum participante de comunicação aceita não se apresente. Até o dia 15 de maio, a organização do evento apresentará os trabalhos aceitos na página do evento.

Até o dia 15 de junho de 2012, os participantes com trabalhos aceitos e os reservas deverão encaminhar o resumo expandido de sua apresentação. O resumo expandido do trabalho deve seguir a última versão das normas da ABNT apresentando-se na seguinte configuração: texto de 5 a 7 laudas, tamanho do papel A4, digitado em Microsoft Word, fonte Times New Roman, tamanho 12, margens de 2,5 cm, sem recuo para o parágrafo, corpo do texto justificado e espaço 1,5 (um e meio). Contendo as seguintes especificações: Titulo do trabalho em caixa alta, centralizado e negritado, nome do autor e instituição a direita do título, resumo, introdução, método, resultado, discussão e referências bibliográficas. O resumo deve ser enviado por email para congressotils@projectaeventos.com.br em pdf.

Os resumos serão publicados na página do evento, assim, ao submetê-lo à organização do evento, os autores são responsáveis pelo conteúdo dos textos e autorizam a organização a publicá-lo integralmente na página do evento, tornando-o público. Os direitos autorais permanecem com os próprios autores.

Somente os autores inscritos no congresso receberão o certificado de apresentação do trabalho.

Eixos temáticos

- Tradução/interpretação de língua de sinais: ética
- Tradução/interpretação de língua de sinais: norma Surda
- Políticas de tradução/interpretação de língua de sinais
- Tradução/interpretação de língua de sinais: identidades em questão
- Formação de tradutores/intérpretes de língua de sinais
- Metodologias para implementar a tradução de/para a língua de sinais
- Metodologias para implementar a interpretação de/para a língua de sinais
- Discurso e tradução/interpretação de/para a língua de sinais
- Avaliação da tradução/interpretação de/para a língua de sinais
- Tradução de/para a escrita de sinais

Importantes aspectos sobre a submissão do seu trabalho:

- Identificação da instituição, programa, unidade da federação e agência de fomento (se houver)
- Indicação do eixo temático
- A revisão de português é de responsabilidade do autor(es)
- Enviar os trabalhos em anexos (PDF) para o e-mail:congressotils@projectaeventos.com.br com o nome do autor e o título identificados
- Todos os textos serão analisados pela comissão científica.
- A responsabilidade pelo conteúdo dos trabalhos encaminhados para publicação é do Autor.

Datas e Prazos

Segue os prazos para submissões:

Até o dia 15 de abril – Envio dos resumos
15 de maio – Divulgação da aprovação no site do evento
Até 15 de junho – Envio dos resumos expandidos (trabalhos aprovados)
30 de junho – Programação Pronta

Normas para apresentação dos pôsteres aceitos

O pôster deverá obedecer as especificações abaixo:

Dimensões: 0,90m de largura X 1,20m de altura

Conteúdo deverá contemplar:

- Título
- Autor(es)
- Introdução
- Objetivos do trabalho
- Resumo da metodologia utilizada
- Principais resultados e conclusões

Comissão organizadora

Ronice Müller de Quadros
Marianne Stumpf
Silvana Aguiar dos Santos

Comissão científica

Cristina Lacerda (UFSCar)
Sandra Patrícia do Nascimento Farias (UnB)
Tarcísio Leite (UFSC)
Audrei Gesser (UFSC)
Markus Weininger (UFSC)
Ana Lodi (USP)

Fonte:http://www.congressotils.cce.ufsc.br/2012/evento.html

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

UFRRJ - Mestrado em Psicologia 2012

É com grata satisfação que divulgamos a aprovação do Mestrado em Psicologia na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Câmpus Seropédica.

Amplie a imagem clicando sobre a mesma.

As aulas estão previstas para março de 2012! Fiquem atent@s!

Saudações!

Valéria Marques
marquesvaleria@globo.com valeriamarques@ufrrj.br
Profa. Adjunta
Departamento de Psicologia
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Lançamento de Livro.


Andréa Villela e José Pacheco convidam para o lançamento do livro sobre a Escola da Ponte.Com prefácio de Ana Waleska Mendonça da PUC / RJ e Ana Maria Serrano da Universidade do Minho / Portugal o livro apresenta a metodologia desta escola pública portuguesa.

O lançamento será no dia 09 de dezembro de 2011, a partir das 17 horas, na livraria do Museu da República, no Catete.

Outras informações Andréa Villela E-mail: av.mafra@hotmail.com

Reflexão Flama - 2011


O lançamento deste primeiro número da Revista Científica Reflexão Flama representa – acreditamos – um marco no processo de desenvolvimento de nossa instituição. Trata-se de um instrumento de divulgação científica e de projetos e realizações organizacionais, através do qual pretendemos, entre outros objetivos, dar visibilidade às iniciativas de nossos corpo diretor, funcional, docente e discente, nos campos da pesquisa, do ensino e da extensão universitária. Esta edição inaugural é fruto do trabalho conjunto do corpo diretor da Faculdade Flama, funcionários da instituição, Conselho Consultivo e Comitê Editorial, porém, só foi realmente possível graças à alentadora resposta dada pelos articulistas às nossas demandas pelo material que, agora, vem a constituir o rico conteúdo que, com imenso prazer, trazemos a público neste número da Revista. A todos e todas, o nosso sincero agradecimento!.

Fonte:http://faculdadeflama.edu.br/reflexaoflama/

Conheça a Faculdade Flama em http://www.faculdadeflama.edu.br/

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

EBAPE e IESP promovem Fórum de Análise Política – FAP

Divulgação IESP-UERJ - E-mail: divulgacao@iesp.uerj.br - O Rio de Janeiro se caracteriza, historicamente, por ser uma cidade onde diversos eventos e acontecimentos políticos e sociais tiveram grande repercussão nacional. Desde a chegada da Corte portuguesa em 1808, passando pela promulgação da primeira Constituição republicana, a outros grandes eventos de resistência e mudança, tais como a revolução de 1930, o suicídio de Vargas, o golpe de 1964, o comício das Diretas Já, a passeata pela destituição do Presidente Collor, tradicionalmente o Rio de Janeiro tem sido palco de suma importância para a vida política brasileira. Mesmo tendo deixado de ser a capital do Brasil, o Rio continua a refletir as principais preocupações, tensões, conquistas e conflitos nacionais. Não à toa, o Rio de Janeiro também tem sido centro de vigorosos debates políticos, marcados pela qualidade e pluralidade de opiniões e com desdobramentos e impactos para a vida intelectual, cultural e universitária do país. No que diz respeito exclusivamente às ciências sociais, várias gerações de pesquisadores brasileiros foram formadas nos institutos e universidades de excelência da cidade. Assim, inúmeros intelectuais, acadêmicos e formadores de opinião nacional se encontram no Rio de Janeiro. Entretanto, nos últimos tempos, a cidade não tem tido suficientes oportunidades de discussão pública de ideias, reflexões, trabalhos e pesquisas sobre os problemas da política nacional e local. Na realidade, a reunião, o acesso e a interlocução entre pessoas e ideias têm sido deixado, cada vez mais, ao acaso e/ou a iniciativas isoladas. Em suma, hoje o Rio carece de um fórum mais amplo e regular de análises e debates políticos. Com o objetivo de oferecer um espaço que supra tal carência, a Escola Brasileira de Administração Publica e de Empresas (EBAPE) da Fundação Getúlio Vargas (FGV), e o Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP), da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), se associam para lançar o Fórum de Análise Política. Trata-se de uma arena independente e inclusiva que possibilitará a reunião e o debate entre pessoas com muitos interesses e agendas comuns, mas que raramente interagem, contando com a participação de acadêmicos, pesquisadores, consultores, intelectuais e jornalistas, num esforço coletivo e sustentado de gerar maior sinergia intelectual na cidade em torno da reflexão política. O Fórum se materializará tanto por meio de debates como também através de um portal eletrônico que terá por escopo oferecer ao grande público análises qualificadas de problemas e fenômenos políticos sobre a conjuntura política do país, a estrutura das instituições políticas bem como a história política, procurando sempre veicular visões distintas a respeito das questões abordadas e promover o contraditório. O portal veiculará artigos e pesquisas, bancos de dados, além de editoriais e comentários sobre a conjuntura política do Brasil. Os textos e demais dados publicados terão linguagem e formato acessível, não estritamente acadêmico e técnico, de modo a possibilitar sua leitura pelo grande público. O primeiro evento publico do FAP será uma palestra ministrada pelo Dr. Amaury de Souza, um dos grandes politólogos brasileiros, no dia 08 de novembro de 2011, na EBAPE, Praia de Botafogo, 190, Sala 1333, às 17:00 horas. O tema de suma palestra será “Presidencialismo de Coalizão ou Coalizão Presidencialista”.

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Jornada de Educação Matemática da FFP (JORMAT FFP)

http://www.jormatffp.xpg.com.br/ A Jornada de Educação Matemática da FFP (JORMAT FFP) é um evento anual que vem sendo realizado desde o ano 2008 na Faculdade de Formação de Professores da UERJ em São Gonçalo, que no presente ano será realizado no dia 12 de novembro de 2011. A JORMAT FFP ocorre simultaneamente com a Jornada de Educação Matemática Integrada da FEBF/FFP/MARACANÃ, evento que surgiu após a grande aceitação do público em relação à 1ª JORMAT e que conta com o apoio dos três campi da UERJ mencionados. O evento foi inicialmente idealizado e coordenado pela Profª. Ms. Andreia Carvalho Maciel Barbosa. Nesta edição, será dirigido pela equipe constituída pelos seguintes professores da FFP/UERJ: Profª. Dra. Priscila Petito, Profª Ms. Andréa Zander, Profª. Dra. Maria de Fátima Paiva, Profª. Dra. Rosa García, Profª. Dra. Marcele Câmara, Prof. Dr. Fábio Silva e Prof. Dr. Alan Freitas. Vale frisar que para a sua fundamentação continuará a parceria entre as unidades da UERJ localizadas no Maracanã, Duque de Caxias e São Gonçalo. Este último tendo especial apoio da direção, do departamento de Matemática (DMAT) e do centro acadêmico de Matemática (CAMAT). A 4ª JORMAT concretizar-se-á pela ação integrada de docentes e alunos da comunidade acadêmica. Será uma oportunidade de trocar conhecimentos e experiências, já que não haverá apenas a participação em palestras e oficinas, mas também poderão abrir as portas, a quem interessar, para a presentação de trabalhos que desenvolvem dentro de seu âmbito educacional. Neste encontro será dedicada uma seção de Comunicação Científica e Relato de Experiências que contemple os trabalhos e pesquisas produzidas pelos alunos da 1ª turma da Especialização em Ensino de Matemática em março de 2011. A 1ª JORMAT FFP (2008) e a 2ª JORMAT FFP/ 1ª JORNADA INTEGRADA FEBF/FFP/MARACANÃ (2009) foram relevantes como aglutinadores da diversidade de conhecimentos matemáticos e obtiveram uma avaliação excelente dos participantes. Seu sucesso é evidenciado pelos números indicadores: em 2008 o número de inscritos girou em torno de 250 e em 2009 este número dobrou, contando com, aproximadamente, 500 inscritos. Fazendo um breve resumo da última edição (3º JORMAT FFP / 2ª JORNADA INTEGRADA FEBF/FFP/MARACANÃ), esta reuniu 350 inscritos nas atividades, 77 ministrantes de oficinas, comunicações científicas, relatos de experiências e pôsteres e 55 licenciados trabalhando na organização e realização do evento. Proposta de submissão de trabalho (Pôster – Exposição de Materiais – Comunicação Científica – Relato de Experiência). A organização da 4ª JORMAT FFP e 3ª JORMAT INTEGRADA FEBF/FFP/MARACANÃ tem prazer em convidá-lo para mostrar seu trabalho em nosso evento, que acontecerá no dia 12 de novembro de 2011 na UERJ-FFP, situada no município de São Gonçalo, no Rio de Janeiro. Caso aceite o nosso convite, solicitamos que encaminhe a ficha (disponível em www.jormatffp.xpg.com.br) preenchida para o e-mail: inscricao.jormat.ffp@gmail.com (no assunto, por favor escreva [Envio de Trabalho] – nome do proponente) como arquivo anexado até o dia 05 de novembro de 2011. Mais informações em www.jormatffp.xpg.com.br.

domingo, 30 de outubro de 2011

IX SEMANA DE EXTENSÃO UNIVERSO

UNIVERSIDADE SALGADO DE OLIVEIRA - PRÓ-REITORIA DE EXTENSÃO DIREÇÃO DE EXTENSÃO – CAMPUS NITERÓI. Maravilhoso resultado da IX SEMANA DE EXTENSÃO UNIVERSO – IX SEMEX, que levou um bom número de acadêmicos à SALA UNIVERSO – HALL DO BLOCO A – RUA MARECHAL DEODORO Nº 217 – CENTRO – NITERÓI. As apresentações aconteceram segundo o conograma disponibilizado, nos dias 27 e 28 de outubro, com os seguintes trabalhos: 27/10 (quinta-feira): 18h20 às 18h40 - ATIVIDADE FÍSICA POR IDOSOS NA ORLA CARIOCA: SUBUTILIZAÇÃO DA CICLOVIA E RISCOS ASSOCIADOS À CAMINHADA NO CALÇADÃO. BRUNA MEDEIROS NEVES. 27/10 (quinta-feira): 18h40 às 19h - AVALIAÇÃO DO NÍVEL PRESSÓRICO ARTERIAL E O IMPACTO DO MESMO NA QUALIDADE DE VIDA DA POPULAÇÃO. ANDREA T. K. HARITA, ROBERTO DA S. C. ALBUQUERQUE, ELISABETE M. F. RIBEIRO. 27/10 (quinta-feira): 19h às 19h20 - CRESCIMENTO POPULACIONAL E SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL. MÁRCIA REGINA L. TINOCO, JORGE MENDES SOARES, SÔNIA MARIA S. SOUZA. 27/10 (quinta-feira): 19h20 às 19h40 - PROJETO LUZ E VISÃO: UMA ABORDAGEM INTERDISCIPLINAR DE TEMAS DA FÍSICA NA AÇÃO SOCIAL DA EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA. ROBERTA P. MONTEIRO, JORGE MENDES SOARES. 27/10 (quinta-feira): 19h40 às 20h - EDUCAÇÃO E TRABALHO: A RELAÇÃO DE INCLUSÃO E PERMANÊNCIA DE DEFICIENTES DENTRO DAS ORGANIZAÇÕES PÚBLICAS E PRIVADAS. CHRISTIANE MARIA COSTA CARNEIRO PENHA, LAYANE CRISTINE DE SOUZA, ANTONIO RICARDO PENHA, MARIA HELENA RODRIGUES NAVAS ZAMORA. 27/10 (quinta-feira): 20h às 20h20 - FEIRA DE TROCAS SOLIDÁRIAS NO MORRO VITAL BRAZIL, NITERÓI. ALINE ROCHA DE SOUZA. 27/10 (quinta-feira): 20h20 às 20h40 - INCLUSÃO ESCOLAR DE CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA MENTAL. NAIRA SAMPAIO, KEILLA C. O. NUNES. 27/10 (quinta-feira): 20h40 às 21h - RESILIÊNCIA: A TRANSFORMAÇÃO COMO FERRAMENTA PARA UMA EDUCAÇÃO DE QUALIDADE ANA MARIA EL ACHKAR, MARSYL BULKOOL METTRAU. ****** *****28/10 (sexta-feira): 18h40 às 19h - ARTE EDUCAÇÃO NA AEE (ATENDIMENTO EDUCACIONAL ESPECIALIZADO ALLAN KARDEC) – UMA EXPERIÊNCIA EM EDUCAÇÃO INCLUSIVA. ANA LUCIA CAMPOS SCHIECK TERZIANI. 28/10 (sexta-feira): 19h às 19h20 - MODA NAS COMUNIDADES: DESIGN E SUSTENTABILIDADE. LEILA MARIA DA SILVA BARBOZA. 28/10 (sexta-feira): 19h20 às 19h40 - PROJETO FARMÁCIA EM AÇÃO. ARIANA SOUZA CABRAL, TAMYRIS DIAS, ROBERTA F. DE OLIVEIRA. 28/10 (sexta-feira): 19h40 às 20h - O CAMPO ANALÍTICO INSTITUCIONAL DOS MAUS TRATOS E ABUSO SEXUAL NA INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA. THAYLANA M. REIS JUCÁ, PAULA DE F. DA CONCEIÇÃO, MARÍLIA C. SALES, RODRIGO A. S. PERES, SANDRA M. A. CHAVES. 28/10 (sexta-feira): 20h às 20h20 - O ENFERMEIRO E A INCLUSÃO SOCIAL E CIDADANIA NA GESTAÇÃO. THAMIRES SÁ CARVALHO, ELLEN CRISTIE, LUNARA ÉMINA, GLAUCO B. CARDOSO. 28/10 (sexta-feira): 20h20 às 20h40 - PROGRAMA: SAÚDE, TRABALHO E MEIO AMBIENTE. SANDRA MARIA DO AMARAL CHAVES, RODRIGO ALVES. S. PERES, PAULA DE F. CONCEIÇÃO, THAYLANA MARIA R. JUCÁ. 28/10 (sexta-feira): 20h40 às 21h - NO BULLYNG NAS ESCOLAS – VIGILÂNCIA CONTRA A VIOLÊNCIA PAULA DE F. CONCEIÇÃO, THAYLANA MARIA R. JUCÁ, MARILIA C. SALES, RODRIGO A. S. PERES, SANDRA M. A. CHAVES.

domingo, 23 de outubro de 2011

Notícias da SME 6a. CRE/GED - Rio de Janeiro.

III Momentos Pedagógicos para Coordenadores de Primeiro Segmento do Ensino Fundamental. NO dia 18 de outubro de 2011, no Auditório da 6a CRE aconteceu mais um momento de capacitação pedagógica, dinamizado pelas professoras Christiane Penha e Simone Soares, a temática abordada foi a Importância do trabalho do Coordeandor Pedagógico no processo de avaliação escolar. Nosso próximo encontro será em novembro com o tema: O COORDENADOR PEDAGÓGICO NA EDUCAÇÃO BÁSICA: DESAFIOS E PERSPECTIVAS ATUAIS. ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- Notícias da SME - Secretaria Municipal de Educação. Prefeito e subsecretária de Ensino inauguraram o novo prédio da Escola Municipal Max Fleiuss. Em 2012, unidade na Pavuna atenderá em turno único de sete horas. O prefeito Eduardo Paes e a subsecretária municipal de Ensino, Helena Bomeny, inauguraram, na manhã desta sexta-feira (dia 21), o novo prédio da Escola Municipal Max Fleiuss, na Pavuna, Zona Norte da cidade. Além das novas instalações, os cerca de 300 alunos, da pré-escola ao 3º ano, também passarão a ser atendidos em turno único de sete horas, a partir do próximo ano. A subsecretária de Ensino, Helena Bomeny, destacou a importância do novo prédio e da implantação do turno único de sete horas na escola para a melhoria da aprendizagem dos alunos. – Neste lugar os alunos terão um espaço ainda melhor para estudar, com professores muito bem preparados, para que recebam um ensino de qualidade. E com a implantação do turno único de sete horas, os alunos terão ainda mais sucesso na aprendizagem, pois permanecerão mais tempo na escola estudando – declarou a subsecretária. – Além das reformas realizadas em prédios de unidades escolares, a Secretaria Municipal de Educação vem investindo na qualificação de todos os professores da rede, que agora têm um tempo para planejamento, assim como os agentes auxiliares de creche – acrescentou Helena Bomeny. Durante a cerimônia de entrega do novo prédio da escola, o prefeito Eduardo Paes ressaltou o investimento que a Prefeitura tem feito na Educação do Rio. – Estamos fazendo um grande esforço no processo pedagógico da rede municipal de ensino, mas também queremos modificar a realidade da rede física. Estamos investindo muito nos professores e no que os alunos aprendem em sala de aula, mas também estamos cuidando da infraestrutura para que os alunos possam estudar em escolas cada vez melhores. O novo prédio conta com duas salas para Educação Infantil, seis salas para Ensino Fundamental, sala de artes, sala de informática, biblioteca, secretaria, direção, refeitório, coordenação pedagógica, sala de professores, auditório, banheiros, inclusive para portadores de necessidades especiais, cozinha, despensa, área de serviço, casa de zelador, pátio coberto, quadra com vestiários e estacionamento. A construção da nova unidade foi realizada pela Secretaria Municipal de Obras, por meio da RioUrbe. FONTE: http://www.rio.rj.gov.br/web/sme/exibeconteudo?article-id=2231242

I SIMPÓSIO DE PSICOLOGIA COMUNITÁRIA





I SIMPÓSIO DE PSICOLOGIA COMUNITÁRIA
NOVAS TEXTURAS DE MUNDO : MODOS DE FAZER O COMUM.
UNIVERSIDADE ESTADO DO RIO DE JANEIRO
INSTITUTO DE PSICOLOGIA
Inscrições gratuitas:
Organizaçâo
Lúcia Maria Ozório Barroso – UERJ- GT de Psicologia Comunitária ANPEPP- Grupo Papo de Roda de Mangueira.
Regina Glória Nunes Andrade - UERJ- GT de Psicologia Comunitária ANPEPP.
Maria Conceição Paz – Grupo Papo de Roda de Mangueira
Coordenação dos Alunos da Graduação de Psicologia-UERJ: Renata C. Strino, Carlos Henrique de S. Lima; Renato A. Gama; Joyce R. Ferreira
Programação
1ª. Mesa - 9-10,45
Polifonias do comum na educação, na história, na cultura, na comunidade. E a pesquisa-ação?
Marisa Rocha (UERJ) A escola entre capturas e fugas na busca do comum
Lúcia Ozório (UERJ) O comum e a fábrica de porcelana
Bárbara Szanieck (Esdi-UERJ) - Pontos de Cultura como uma "política do comum"
D. Gueizinha- Mangueira Vocês não imaginam o que é morar em Mangueira
Coordenação da mesa: a confirmar
10,45 – 11,15 cafezinho
11,15-12,30 Sinfonias do comum I Dança e canto Alunos de Graduação de Psicologia (UERJ )
12,30-14,00 almoço
14-16,00 2ª. Mesa O comum e a problemática da alteridade
Ademir Pacelli - Diretor do Instituto de Psicologia (UERJ) Processos de subjetivação e experiência migratória
Vera Vital Brasil –E. C. P.e Fórum de Reparação e Memória do RJ. - Dano e reparação no contexto da Comissão da Verdade: limitações e possibilidades.
Celso Vergne - CRP-05; CAPS ad-Nova Iguaçu – As máquinas de produção de morte no Rio de janeiro
Nilcemar Nogueira – Centro Cultural Cartola - Samba, uma cultura que nos une
Coordenação de mesa: Lucia Ozório - UERJ- GT de Psicologia Comunitária ANPEPP.
16,00- 16,30 cafezinho
16,30- 18,00 Sinfonias do comum II Alunos de Graduação de Psicologia (UERJ ) – Coro da UNATI
3ª. Mesa 18,30- 20,30 Democracia como vida civil : do exercício do poder ao exercício do comum
Pedro Paulo Gastalho de Bicalho – UFRJ - Coordenador da Comissão Nacional de Direitos Humanos – CFP. "Processos de Subjetivação e Direitos Humanos: pistas para um debate em Psicologia Comunitária"
Sônia Mª Pellegrini de Azeredo - SEE-RJ- U.C.L- “Entre o ofício de educar e o de ´artistar a Educação´,
Maria da Conceição O. Viana, INCQS/FIOCRUZ Repensações do comum
Celso Dos Reis – Grupo Papo de Roda de Mangueira – A gente vive tão junto que é difícil delimitar uma área.
Coordenação de mesa- Maria Helena Zamora - PUC
20,30 Sinfonias do Comum III – Wellington Reis da Silva músico comunitário de Mangueira
Divulgação solicitada por Maria Helena Zamora através de e-mail.

domingo, 16 de outubro de 2011

Cursos a distância realizados por meio da CMC (Comunicação Mediada por Computador)


www.cursoseducar.com.br

Os cursos a distância são realizados por meio da CMC (Comunicação Mediada por Computador). Na modalidade de ensino em EAD, Cursos Educar trabalha com a mediação on-line. São utilizados praticamente todos os recursos da internet para motivar os participantes dos cursos.



O conteúdo ofertado fica disponibilizado em um Ambiente Virtual de Aprendizagem, onde o aluno pode acessar a qualquer momento. Na sala virtual, há tarefas, lições, diários, bibliotecas virtuais, fóruns, arquivos de texto, vídeos, áudios, imagem fixa (fotografia ou infográficos), chats, notícias online e mensagens dentro do próprio curso.



Os conteúdos não são materiais coletados da internet, a maioria das apostilas são próprias, diz o coordenador do Sistema de Ensino Cursos Educar, professor Doutorando Fábio Figueirôa.

Outras informações dos cursos ofertados, basta acessar o www.cursoseducar.com.br e entrar em contato.

Veja abaixo, a relação completa dos cursos:

- Diagramação de Jornais e Revistas
- Criação de Websites
- Assessoria de Comunicação
- Redação Jornalística
- Produção de Pautas
- Jornalismo On-line
- Técnicas de Reportagem em Telejornalismo
- Edição de Texto em Telejornalismo
- Redação Radiofônica e Produção de Roteiros
- Pedagogia para Concursos
- Informática para Concursos
- Tutoria On-line
- Jornalismo Esportivo
- Mídias Sociais
- Jornalismo Científico
- Oficina de Texto
- Reforma Ortográfica
- Metodologia do Trabalho Científico
- Introdução à Educação a Distância
- Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação
- Taquigrafia On-line

V Colóquio Internacional de Políticas e Práticas Curriculares.


Inscrições no endereço http://www.vcoloquio.com.br/

COMITÊ CIENTÍFICO

Adelaide Alves Dias (UFPB)
Adriana Valéria Diniz (Secretária Municipal Adjunta de Natal/RN)
Alice Casimiro Lopes (UERJ)
Ana Maria Saul (PUC/SP)
Antonio Flávio B. Moreira (UCP\RJ)
Arlete Pereira Moura (UEPB)
Beatriz de bastos Teixeira (UFJF)
Betânia Leite Ramalho (UFRN)
Cláudio Orlando Nascimento
Elizabeth Macedo (UERJ)
Emília Maria Prestes (UFPB)
Filomena Maria Cordeiro Moita (UEPB)
Francisco José Pegado Abílio (UFPB)
Helena Costa Lopes de Freitas
Idelsuite de Sousa Lima (UFCG/PB)
Ilma Passos Veiga (UNB/BRASÍLIA)
Inês Marcondes (PUC/RJ)
Iria Brzezinski
Janssen Felipe (UFPE / Caruaru)
Jefferson Fernandes Alves (UFRN)
Jefferson Mainardes (UEPG/PR)
Jorcelina Elizabeth Fernandes (UFMT)
José B. Pacheco (U. Minho\PT)
José Carlos B. Morgado (U. Minho\PT)
Josenilda Maués (UFPA)
Laura Pizzi (UFAL)
Luis Carlos de Freitas
Luíz Pereira Júnior (UFPB)
Márcia Maria Gurgel Ribeiro (UFRN)
Maria de Lourdes Tura (UERJ)
Maria do Socorro Xavier Batista (UFPB)
Maria Eliete Santiago (UFPE)
Maria Eulina Pessoa de Carvalho (UFPB)
Maria Tereza Esteban (UFF)
Maria Zuleide da Costa Pereira (UFPB)
Marileide Melo
Marilene Cesário (UEL/PR)
Marisa Vorraber (Ulbra/RGS)
Marlucy Alves Paraíso
Meirecele Calíope Leitinho (UFC)
Mônica Carvalho Magalhães Kassar (UFMT)
Ozerina Victor de Oliveira (UFMT)
Rita de Cássia Cavalcanti Porto (UFPB)
Rita de Cássia Prazeres Frangella (UERJ/RJ)
Roberto Sidnei Macedo (UFBA)
Wilma Passos Veiga (UNB/Brasília)

CONTATO:

UFPB - PPGE/GEPPC

Telefone: (83) 3216 7479

Email: aepppc@gmail.com

VI FÓRUM DE PEDAGOGIA


COORDENAÇÃO DE PEDAGOGIA
uniabeu2ped@abeu.com.br

VI FÓRUM DE PEDAGOGIA

Tema: Ética e Violência na Contemporaneidade.

Dias 26 a 28 de outubro de 2011, Das 19:00h às 21h30

Local: Campus 2 - Nilópolis

Envio de Trabalhos até 26 de setembro de 2011.

Solicite a Coordenação do evento a sua ficha de inscrição pelo e-mail:

uniabeu2ped@abeu.com.br

domingo, 9 de outubro de 2011

III Semana da Pedagogia FEBF




Comissão Organizadora

Divulgação: Bruna de Paula, Iuri Andrade, Daniela Araújo, Liete Rangel, Tamiris, Sara.

Finanças:Joyce, Daniela Araújo, Lana Gomes, Júlia Carvalho.

Projeto: Nyh Marinho, Daniel Vieira, Jéssica Rodrigues, Aryanna.

Organização: Lorena Ferreira, Marina Briata.

Observação: Qualquer estudante que esteja disposto a construir junto conosco esse evento, basta entrar em contato e escolher uma comissão =D


http://semanadepedagogiafebf.blogspot.com/

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Estamos Ligados



http://movimentoordemvigilia.blogspot.com/

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Palestra do Professor Moisés Guimarães na 6a.Coodenadoria Regional de Educação da Cidade do Rio de Janeiro.

MOMENTOS PEDAGÓGICOS II

Com o apoio da Coordenadora Rejane, a Gerência em Educação da 6a.CRE promoveu no dia 13 de setembro de 2011, no auditório, uma capacitação para Coordenadores Pedagógicos.





A palestra que teve o título " Intolerância: porque nós não reconhecemos a diferença", foi ministrada pelo Professor Moisés Guimarães, um pesquisador atuante na área, com diversos trabalhos apresentados em congressos, seminários e em outros eventos científicos-acadêmicos.



A fala desse professor permite que os participantes construam significados imediatos sobre o tema, gerando no contexto do evento, discussões que valoriza a construção de novos saberes e a sua transmissão aos diferentes segmentos da educação básica e superior, considerando a formação dos Coordenadores Pedagógicos e suas especializações Lato e Stricto Sensu.






Os Coordenadores Pedagógicos contribuíram significativamente no encontro, propondo sugestões de atividades para o aprimoramento escolar e fortalecimento de ações sobre o tema.




A Gerente em Educação, Prof. Kátia Barboza e sua equipe parabenizam os participentes pela colaboração dentro da oportunidade de crescimento profissional do grupo.

Na foto abaixo o Professor Moisés Guimarães e a Professora Christiane Penha



Contato com a GED: gedcre06@rioeduca.net

Contato com o Professor Moisés:

intolerancias@gmail.com