terça-feira, 31 de julho de 2012

CEDERJ: Cursos de atualização 2012

Requisitos: •Ser profissional da área de educação nos ensinos médio e fundamental; •Ser graduado ou graduando de último ano; •Ter domínio de navegação na internet; •Ter um e-mail pessoal ativo sem filtro antispam; Prioridade no preenchimento das vagas: 1.Professores de escolas públicas em exercício no Estado do Rio de Janeiro, considerando as áreas de formação e atuação; 2.Graduados na área específica; e 3.Licenciandos de último ano. Passo-a-passo: 1.Verifique se as inscrições estão abertas; 2.Leia cuidadosamente o EDITAL (é de responsabilidade do candidato conhecê-lo); 3.Clique sobre a área (no menu esquerdo ou no quadro abaixo), escolha o curso, a disciplina desejada e preencha a ficha de inscrição; 4.Consulte o edital para informar-se a respeito das próximas etapas. Certificação: O certificado de atualização será concedido ao cursista que cumprir, com aprovação, em até quatro períodos letivos consecutivos, a carga horária de 120 horas em uma única área, sendo obrigatoriamente 90 horas em disciplinas de um mesmo curso. Área e Cursos: Ciências da natureza Biologia> Física^> Química. Ciências humanas: Antropologia> Filosofia> Geografia> História> Sociologia> Linguagens e códigos: Arte> Língua portuguesa e literatura. Matemática. Prática docente: Ciências & Educação> Cognição> Educação inclusiva> Educação para Saúde. Tecnologia Educacional: Informática Educativa> Formação via web. Endereço: Rua da Ajuda, n° 5, 16 andar - Centro CEP: 20040-000 - Rio de Janeiro Central de Atendimento (21) 2334-1728 (funcionamento de segunda a sexta das 10h às 16h). Fonte http://www.cederj.edu.br/extensao/index.php?option=com_content&view=article&id=680&Itemid=3

“O contador de histórias” é tema do 6º Prêmio UFF de Literatura 2012.

Há cem anos, nasciam no Brasil vários nomes que ajudaram a construir a história cultural de nosso país. Nelson Rodrigues, Jorge Amado, Evandro Lins e Silva, Luiz Gonzaga e Herivelto Martins estão entre eles. Assim como Luís Antônio Pimentel, jornalista, poeta e exímio haicaísta que completou, em 29 de março, o centenário de uma vida dedicada à cultura. Memória viva de Niterói, onde mora, e do país, ele encanta com a fala, assim como com a escrita. Para homenageá-lo, a Universidade Federal Fluminense, através de sua editora, escolheu-o como inspiração para o 6º Prêmio UFF de Literatura. As inscrições estão abertas e o tema proposto é: “O contador de histórias”. O autor classificado em primeiro lugar em cada categoria - conto, crônica e poesia - ganhará um notebook, além do Troféu Itapuca. Antologia e festa – O edital já está disponível no site da editora com inscrições até 15 de agosto. Os vencedores do 6º Prêmio UFF de Literatura serão anunciados no dia 17 de dezembro, durante cerimônia na qual também será lançada uma antologia com 20 textos selecionados, nas categorias crônica, conto e poesia, organizada pela Editora da UFF, com o patrocínio da Fundação Euclides da Cunha, da Pró-Reitoria de Extensão da UFF e da Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro. Os classificados em primeiro lugar em cada gênero literário receberão 10 (dez) exemplares da coletânea; os segundos colocados, 8 (oito); os terceiros, 5 (cinco). Os demais autores selecionados receberão 3 (três) exemplares, cada. Podem participar do Prêmio UFF de Literatura escritores de língua portuguesa, editados ou inéditos, independentemente de sua nacionalidade. No entanto, o texto apresentado deverá ser rigorosamente inédito, seja na forma impressa ou na forma eletrônica. Não serão aceitas obras póstumas, nem aquelas assinadas por grupos. Cada concorrente poderá inscrever apenas um texto em cada categoria. O conto a ser enviado não pode ultrapassar quatro páginas, enquanto as crônicas e poesias deverão atingir, no máximo, três páginas. http://www.editora.uff.br/noticias/noticias/506

segunda-feira, 30 de julho de 2012

Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio: processo seletivo público para o preenchimento de vagas para cursos técnicos integrados ao Ensino Médio nas habilitações: Análises Clínicas e Gerência de Saúde.

Entenda a Seleção: A Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV) promove anualmente um processo seletivo público para o preenchimento de vagas para cursos técnicos integrados ao Ensino Médio nas habilitações: Análises Clínicas e Gerência de Saúde. Com a intenção de que este processo seletivo seja mais democrático, a EPSJV mudou alguns critérios. A principal mudança foi a adoção de sorteio público no lugar da classificação por nota. É importante perceber, no entanto, que esse sorteio será precedido por uma prova que deverá aferir conhecimentos mínimos necessários ao ingresso no curso. Também, a partir de 2012, a EPSJV passa a oferecer seus cursos técnicos integrados ao Ensino Médio em 4 anos. Com essas mudanças, que foram decididas coletivamente, em longos debates, o objetivo da EPSJV é radicalizar aquele que talvez possa ser considerado o maior princípio do seu projeto político-pedagógico: a defesa do direito à educação pública gratuita e de qualidade. E a EPSJV está convencida de que a melhor forma de garantir esse direito é tornar o acesso a essa educação cada vez mais democrático. Importante destacar ainda que a EPSJV mantém um sistema de cotas que reserva metade das vagas aos estudantes que tenham cursado as últimas quatro séries do Ensino Fundamental em escolas da rede pública municipal ou estadual. Com isso, a Escola busca não naturalizar e não reproduzir, no seu interior, as desigualdades (de condições e oportunidades) que marcam a nossa sociedade. Contamos com você nessa luta. Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio- Fundação Oswaldo Cruz. Av. Brasil - 4365 - Manguinhos - Rio de Janeiro- RJ- CEP 21040-900 Brasil- Tel.: (21)3865.9797. Site http://www.processoseletivo.epsjv.fiocruz.br/

domingo, 29 de julho de 2012

Casa do Saber - Rio

Aula aberta ArtRio 2012. Oportunidades de compra em feiras de arte.
Nessa segunda aula aberta realizada em parceria com a ArtRio, os advogados Pierre Moreau, pela Moreau & Balera Advogados, e Rodrigo Brunelli Machado, pela Ulhôa Canto Advogados, apresentam a colecionadores os detalhes do convênio que concede a isenção do ICMS nas operações destinadas a feiras de arte, suas aplicações e desdobramentos no mercado brasileiro. 3 de agosto, sexta-feira, às 19 horas Inscrições gratuitas exclusivamente pelo telefone (21) 2227 2237 Vagas limitadas. CASA DO SABER: Av. Epitácio Pessoa 1.164 Lagoa Rio de Janeiro RJ TEL: 21 2227 2237(222SABER), E-mail: inforio@casadosaber.com.br, Site:www.casadosaber.com.br

PROJETO TEMPO: livro para as crianças.

PROJETO TEMPO. Ninha é uma tartaruguinha que tem seu próprio tempo para realizar suas atividades. Dicas: ● Pedir a leitura do livro para as crianças e deixe que elas comentem livremente. ● Mostrar que cada criança tem seu tempo. Umas fazem as tarefas rapidinho, outras demoram um pouco mais, porém isso não as tornam nem melhores nem piores. ● Trabalhar a noção de horas com as crianças. ● Aproveitar para falar sobre o tempo dos idosos e os motivos para respeitarmos os mais velhos. ● Fazer uma peça teatral onde as crianças irão vivenciar o dia a dia de um idoso. ● Fazer uma festa para os avós ou uma visita a uma casa de repouso de idosos. Título: NINHA - A TARTARUGUINHA CAMARADA. Autor: WALDIR PEDRO. Editora: WAK EDITORA - 16 páginas. ISBN: 978-85-7854-047-0. http://www.wakeditora.com.br/principal/principal.php

Notícias do CRA-RJ: Você que ser consultor?

Já está disponível no site da Web TV CRA-RJ a palestra “Você quer ser consultor?” proferida pelo professor e consultor organizacional, Luiz Affonso Romano, apresentada no Auditório Gilda Nunes que fica na Casa do Administrador da Tijuca. Assista ao vídeo da entrevista na WebTv CRA-RJ no link (http://itv.netpoint.com.br/cra/principal.asp?id=142) O professor falou sobre o mercado de consultoria, os principais contratantes e sobre o papel que o consultor deve desenvolver. Luiz Affonso Romano também destacou que o trabalho de consultoria é independente e temporário e que por isso é preciso identificar as oportunidades e ameaças decorrentes dos ambientes interno e externo, apresentado por meio de diagnósticos, alternativas de solução de problemas e acompanhamento da sua implementação. Fonte http://www.cra-rj.org.br/site/cra_rj/noticias/260712d.asp

Teatro de Anônimo

Sobre o Grupo: Fundado em 1986, o Teatro de Anônimo estrutura sua prática através da montagem e apresentação de espetáculos, da qualificação profissional de outros atores sociais, além do aperfeiçoamento de técnicas e modelos autênticos de gestão e administração coletiva, baseada na solidariedade, criatividade e cooperação. O Teatro de Anônimo busca em seu trabalho, realizar uma parceria cidadã com a sociedade civil, extrapolando a idéia de comunidade delimitada por um espaço físico, para alcançar o conceito de comunidade que se liga por um sentimento de pertencimento, necessidade de identidade, de troca no campo do trabalho, do lazer, das afetividades, criando assim, territórios flutuantes que se movimentam de acordo com a necessidade de se manterem vivos e produzindo singularidades e bens materiais. No repertório, 09 espetáculos: Roda Saia Gira Vida (1994), In Conserto (1998), Tomara que Não Chova (2001), Guardados (2002), Homem Bomba (2005), Lar Doce Lar (2006), Noites de Parangolé (2008), Melhor dos Mundos (2010) e Inaptos?...a que se destinam...(2011). Como resultado da pesquisa aérea, possui os números: Caleidoscópio (1998), Dentro da noite (2007) e Donde Estavas (2009), além de outras intervenções para eventos, convenções e festas. Desenvolve oficinas com foco na comicidade e na acrobacia aérea: O Jogo Como Técnica, Assunto de Palhaço, Circo-Teatro Atuação, Acrobacia Aérea, Gestão para Autonomia e Produção Cultural. Dentre as diversas formas que o grupo intervém no cenário cultural nacional e internacional, se destaca a realização desde 1996 o Encontro Internacional de Palhaços Anjos do Picadeiro – um evento que figura entre os maiores do gênero no mundo. Em 2010 o grupo tornou-se Ponto de Cultura, responsável pela realização de um programa de oficinas de especialização de cerca de 80 artistas na área de comicidade, acrobacia aérea e gestão. O espaço está a serviço também da experimentação, estudo, troca de conhecimentos e intercâmbios nacionais e internacionais. Ainda este ano, teremos 3 edições das Noites de Parangolé: 9 de agosto, 18 de outubro e 1 de novembro, não percam! Noites que reúnem boa comida, bebida, números de variedades e baile, sempre com convidados especiais. Programas Sociais> Encontros e Festivais> Indicações e Premiações> Eventos Organizados. Componentes: Flávia Berton> Regina Oliveira> Maria Angélica Gomes> Shirley Britto. Site http://www.teatrodeanonimo.com.br/p/o-grupo.html

sexta-feira, 27 de julho de 2012

XV Mostra PUC - 07 a 10 Agosto de 2012.

A Mostra PUC é um evento aberto e gratuito. A consulta prévia ao programa do evento, que será disponibilizado neste site, pode ser útil para a organização do roteiro de visitas. Cópias do currículo profissional gravado em pen drive também podem ser importantes, caso o visitante esteja em busca de novas oportunidades profissionais. http://www.ccesp.puc-rio.br/mostrapuc/

quarta-feira, 25 de julho de 2012

Educação inclusiva: “Tecnologia Assistiva, Projetos e Acessibilidade: Promovendo a Inclusão Escolar”.

Com o intuito de aperfeiçoar os professores da rede pública de ensino para o uso de Tecnologia Assistiva (TA) e de Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC) voltadas a estudantes com deficiência, transtornos globais de desenvolvimento e/ou altas habilidades/superdotação, o MEC oferece, por meio da Universidade Aberta do Brasil (UAB), a quinta edição do curso "Tecnologia Assistiva, Projetos e Acessibilidade: Promovendo a Inclusão Escolar". O curso é oferecido pelo MEC no âmbito da Universidade Aberta do Brasil (UAB), em parceria com a Unesp por meio da Pró-Reitoria de Extensão Universitária (Proex). Ministrado a distância, o curso iniciou no começo de julho com uma ambientação aos cursistas e vai até dezembro de 2012. A atividade é estruturada em 4 módulos, nos quais as atividades serão lançadas em agendas semanais com caráter avaliativo. No total, 1250 professores estão inscritos para o início do curso, que tem como coordenadora Denise Ivana de Paula Albuquerque. Os conteúdos pedagógicos abordados são dispostos no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) TelEduc, em apostilas e videoaulas gravadas em parceria com o Núcleo de Educação a Distância da Universidade Estadual Paulista (NEaD-Unesp). Um dos objetivos primordiais do curso é oportunizar a discussão e problematização sobre a questão da Educação Inclusiva e seus desdobramentos no projeto político pedagógico e na prática da sala de aula. "Através do curso, o professor tem tido a oportunidade de trazer à tona seus questionamentos acerca da Inclusão e redimensiona-los a partir das leituras e estudos oferecidos, como também discutir entre os pares, mediados pelo tutor e formador, as propostas de superação desta realidade", relata Jussara Oliveto Miralha, professora conteudista do curso. Com sede no Centro de Promoção para a Inclusão Digital, Escolar e Social (CPIDES) da Unesp, Câmpus de Presidente Prudente, SP, o curso busca oferecer estratégias pedagógicas e metodológicas para o uso de TDIC e TA, como recursos educacionais e de acessibilidade na escola aos professores cursistas de todas as regiões do Brasil. Esta diversidade cultural dos professores-cursistas é respeitada, deixando de ser tratada como um problema, de acordo com a coordenadora de tutores Daniela Jordão Garcia Perez. "Apesar de nossos professores cursistas possuírem contextos bem diversificados, temos conseguido atender essas diferenças, com o esforço de nossos tutores e formadores que são orientados ao longo de todo o curso para amenizar a dificuldade de cada professor cursista e criar estratégias para que todos consigam realizar as atividades propostas". Perez afirma, ainda, que três estratégias principais são utilizadas pela coordenação para promover a formação permanente da equipe. A primeira delas, é oferecer um curso de formação para a equipe antes de cada edição no qual são abordados os conteúdos do curso e também estratégias pedagógicas de interação. Depois, com o curso em andamento, um ambiente de equipe é mantido para o recebimento de orientações gerais do trabalho e, por fim, são realizadas reuniões virtuais quinzenais para abordar e solucionar possíveis problemas e dúvidas que surgem no decorrer do curso. Para Elisa Tomoe Moriya Schlünzen, idealizadora do projeto e pesquisadora na área da Educação Inclusiva, é muito importante que todos os educadores do Brasil sejam formados para melhorar o acesso e, consequentemente, o aprendizado dos Estudantes Público Alvo da Educação Especial (EPAEE). "A Diretoria de Políticas de Educação Especial da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (DPEE/SECADI/MEC) possui grandes programas e ações. Além de já ter distribuído mais de 24.000 salas de recursos multifuncionais, em parceria com as universidades públicas, ofereceu aproximadamente 50.000 vagas para que os professores de todo país pudessem atuar nestas salas. Muitos de nossos professores cursistas relatam sobre as perspectivas que estes cursos oportunizam para que eles façam um trabalho de qualidade com os seus estudantes", comenta Elisa. Soraia Marino, Núcleo de Ensino a Distância (NEad) da Unesp Origem: Unesp Fonte: http://sentidos.uol.com.br/canais/materia.asp?codpag=13917&canal=educacao

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Congresso Aprender Criança 2012.

Todos sabemos, Incluir é lei!... Parafraseando épocas passadas, acreditamos numa Inclusão ampla total e irrestrita! Além dos esforços a serem dedicados para as crianças com necessidades especiais, entendemos que toda a diversidade do cérebro, comportamento, emoções e cognição da criança merecem atenção e cuidados específicos. Só assim conseguiremos incluir a todos, reabilitar as deficiências e turbinar as habilidades. Venha você também fazer parte dessa história, participe do Congresso Aprender Criança 2012. Inscrições http://www.2012.aprendercrianca.com.br/

sábado, 21 de julho de 2012

Praça do conhecimento.

Participe de oficinas gratuitas sobre como escrever em blogs, explorar recursos multimídia e contar as suas histórias, de seu bairro e de sua cidade na internet. Entre no site http://extra.globo.com/noticias/educacao/nas-pracas-conhecimento/ e preencha o formulário disponibilizado no link. Trinta inscritos serão selecionados para cada oficina, nas Naves do Conhecimento (veja local e as datas): Local dos cursos: Madureira - 28 de julho e, 4 de agosto - período (10h às 13h30h). Fonte http://extra.globo.com/noticias/educacao/nas-pracas-conhecimento/

Uniabeu: Vestibular 2012.2

http://www.uniabeu.edu.br/hotsite/

sexta-feira, 20 de julho de 2012

quarta-feira, 18 de julho de 2012

´Enfrentar a discriminação é pior que superar deficiência´, diz presidente do Ismac.

Telma Nantes foi impedida de assumir vaga após ser aprovada em concurso pelo fato de ser cega. A luta da pedagoga Telma Nates de Matos, que já se arrasta por quase três anos na Justiça, não é somente dela, mas sim de todas as pessoas com deficiência. Ela foi impedida de assumir vaga na Educação Infantil após ser aprovada em concurso da Prefeitura de Campo Grande. Para Telma, não há dúvidas de que ela foi vítima de discriminação e pretende ir a todas as instâncias, até mesmo à Organização das Nações Unidas (ONU), para garantir que outros deficientes não tenham de enfrentar a mesma dificuldade. Nesta entrevista, ela conta ainda sobre as atividades do Ismac, do qual é presidente. CORREIO PERGUNTA Como foi a implantação do Ismac no Estado? TELMA NANTES O Instituto foi fundado em 1957 por Florivaldo Vargas. Na época, ele mobilizou toda a sociedade campo-grandense para a necessidade de criar um centro de atendimento às pessoas com deficiência visual. Inicialmente, fundou a Sociedade para Cegos que funcionava como casa de amparo. Florivaldo Vargas era deficiente visual, da cidade de Lins, e trabalhava como cobrador, viajando por todo Estado. No início, a entidade ficava na Rua 7 de Setembro. Muitas crianças ficavam internadas na instituição, que chegou a abrigar mais de 120 pessoas. Desde o começo, ele teve a visão de inclusão, oferecendo atendimentos complementares na instituição, pois as crianças, adolescentes e adultos frequentavam escola comum e universidade. A professora Nazaré Pereira Mendes também foi uma das precursoras da inclusão. Origem: http://www.correiodoestado.com.br/noticias/enfrentar-a-discriminacao-e-pior-que-superar-deficiencia-di_154727/, Fonte: http://atitudeinclusao.com.br/secao/educacao/1016/´enfrentar-a-discriminacao-e-pior-que-superar-deficiencia´-diz-presidente-do-ismac/ler.aspx

terça-feira, 17 de julho de 2012

VI Semana da Matemática Uniabeu

A Semana da Matemática é um evento anual que objetiva disseminar avanços do conhecimento no campo da Educação Matemática e do ensino da matemática no Estado do Rio de Janeiro e de outras regiões do país.
Além de promover atividades (as mais diversas) de divulgação científica,o evento faz parte da Semana Nacional da Ciência e Tecnologia - SNCT 2012. Objetivo maior: Proporcionar aos alunos atividades que contribuam para seu crescimento acadêmico e profissional, bem como oferecer um ambiente de intercâmbio de ideias entre os alunos de matemática, de modo que esses possam compartilhar experiências e gerar discussões acerca de suas vivências e sobre aspectos da prática profissional de um matemático.
Atenciosamente, Geneci Sousa - Comissão Organizadora Uniabeu Campus Nilópolis - Rua Professor Alfredo Gonçalves Figueira, 553 - Centro - Nilópolis/RJ. Contato: (prof.geneci@yahoo.com.br), Site Portal http://www.uniabeu.edu.br/unidades.php?unidade=nilopolis

Professores entram no terceiro mês de greve e prometem 'radicalizar'.

Por Evandro Éboli (eboli@bsb.oglobo.com.br). BRASÍLIA e RIO. Principal entidade representativa dos professores, o Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes) rejeitou a proposta de reajuste anunciada pelo governo na última sexta-feira e decidiu não só manter a greve como ainda radicalizá-la. O documento do sindicato foi encaminhado para os estados, onde entidades estaduais farão sua avaliação da oferta do governo. Na sexta, os ministros Aloizio Mercadante (Educação) e Miriam Belchior (Planejamento) apresentaram proposta de reajuste prevendo aumento de até 45% para professores titulares de universidades e de até 48% para os docentes dos institutos federais. O reajuste se daria de forma escalonada, em três anos, e um professor com doutorado e dedicação exclusiva receberia R$ 17 mil em 2015. O comando de greve, em assembleia realizada na noite de domingo, entendeu que o reajuste proposto pelo governo não supera os índices inflacionários e beneficia somente quem está no topo da carreira, caso dos professores titulares, que, segundo o Andes, representam 5% da categoria. O Andes decidiu, então, reprovar a proposta do governo, mas manterá aberta a negociação. Na próxima segunda-feira acontecerá outra rodada de conversações. O sindicato afirmou, num extenso documento de doze páginas, que sua proposta é criar um único cargo de professor federal e que a proposta do governo mantém a posição de não unificar as carreiras. "Isto denota caráter visivelmente discriminatório, uma vez que todos os professores exercem a mesma atividade", diz o comando de greve do Andes. O sindicato diz que o governo adota uma posição "propagandística". A presidente do Andes, Marinalva Silva de Oliveira, afirmou que, ao anunciar sua proposta de reajuste, semana passada, os ministros fizeram um "show midiático". - Nem sabíamos da coletiva do governo. Enquanto anunciavam a proposta num auditório, ainda estávamos reunidos com técnicos dos ministérios - disse Marinalva Oliveira. O secretário de Ensino Superior do Ministério da Educação, Amaro Lins, criticou a posição do Andes e afirmou que na base da categoria, a maioria dos professores concorda com a proposta de reajuste apresentada pelo governo. - A avaliação que tenho é o contrário da apresentada pelo Andes. Há, na base, um reconhecimento do mérito e concordância dessa visão de qualificação da universidade. E os percentuais de reajuste apresentados foram muito bem aceitos. O Andes está divergindo de sua base - disse Amaro Lins. A presidente do sindicato dos professores da Universidade Federal Fluminense, Eblin Farage, afirmou que a posição da Comando Local de Greve da UFF também é de rejeição ao texto governista. - Nossa avaliação é ruim. O reajuste não representa ganhos reais e desqualifica uma série de reivindicações do plano de carreira. Determina, por exemplo, que apenas 20% dos professores de cada universidade federal chegarão ao topo da carreira, é um funil ainda maior da carreira - ressaltou Eblin. Fonte http://br.noticias.yahoo.com/professores-entram-terceiro-m%C3%AAs-greve-prometem-radicalizar-123336451.html

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Uniabeu: Curso de Especialização "ìndios e Africanos na História do Brasil" com ênfase na História da África.

Sobre a Graduação em História na Uniabeu os Objetivos são: Formar profissionais autônomos, comprometidos com a vivência plena da cidadania e que considerem indissociável a relação ensino e pesquisa. Formar professores com compreensão dos processos históricos, apresentando condições técnico-pedagógicas para o exercício da docência nos níveis fundamental e médio. O que faz o profissional: O professor de História leciona nos ensinos fundamental e médio, além de investigar e interpretar criticamente os acontecimentos, buscando resgatar a memória da humanidade e ampliar a compreensão da condição humana. Escolas públicas e privadas, órgãos educacionais. Institutos de pesquisa. Aspectos legais: Autorização: Resolução ConsUni nº 37/2003 - Publicada em 03/11/2003 Reconhecimento: Portaria SeSu nº 384/2007 - Publicada em 09/05/2007 Coordenação: Profª Dra. Andréa Santos Pessanha Link de acesso às informações do curso em http://www.uniabeu.edu.br/graduacao.php?curso=12, Site da Instituição http://www.uniabeu.edu.br

domingo, 15 de julho de 2012

PUC-Rio: Pós-Graduação em História e Cultura Afrodescendente

Unidade Caxias. Período de Aulas: 18/08/2012 a 15/12/2012 (1º Período). Sábados, das 9h às 17h30. Objetivo: Visando o aprimoramento acadêmico e profissional, o curso tem como objetivo promover uma reflexão abrangente sobre as relações raciais na formação social brasileira. O estudo sobre a história da África e dos africanos e descendentes no Brasil propõe o aprofundamento da compreensão de aspectos centrais da história moderna e contemporânea, bem como das inter-relações com a história da sociedade brasileira, considerando as diferentes populações que a compõem. Objetiva-se ainda valorizar as práticas de pesquisa e reflexão, como elementos importantes para enfrentar os atuais desafios à plena integração social e ao exercício da cidadania. Público Alvo: Professores dos ensinos Fundamental, Médio e Universitário; profissionais e ativistas de ONGs e movimentos sociais e demais profissionais e estudantes com formação universitária. Carga Horária: Este curso tem carga horária de 360 horas, distribuídas em 2 período(s) letivo(s). Obs.: - O curso tem duração de 2 semestres letivos, tendo um terceiro período para o desenvolvimento da monografia. A monografia ou o trabalho final é obrigatório para a conclusão do curso de especialização. - Além da monografia final, o aluno fará trabalhos específicos para cada módulo. Documentos Necessários: Curriculum Vitae, Diploma de Graduação ou Declaração de Conclusão, Histórico Escolar Oficial da Graduação. A documentação necessária deverá ser entregue pessoalmente, enviada pelo correio para a unidade Gávea ou para o e-mail (documentocce@puc-rio.br). Obs.: Para as inscrições efetuadas pela Internet ou Central de Atendimento (0800 970 9556), a documentação necessária para seleção poderá ser entregue até 3 (três) dias após a sua inscrição. Os candidatos inscritos no último dia de prazo, assim como os que se inscreverem nos balcões de atendimento da CCE, deverão apresentar a documentação, obrigatoriamente, no ato da inscrição. Inscrição: Até 03/08/2012 Taxa: R$20,00. A taxa de inscrição só será devolvida em caso de cancelamento do curso pela PUC-Rio. A inscrição poderá ser realizada por qualquer um dos seguintes modos: - Internet - Central de Atendimento - 0800 970 9556 - Presencial - Comparecimento do candidato ou seu representante, munido de instrumento particular de procuração à PUC-Rio em qualquer uma das unidades: Gávea, Centro, Barra e Caxias. Seleção: A seleção será feita com base em análise do curriculum vitae e do histórico escolar bem como uma entrevista. Entrevistas no dia 04/08/2012, sábado, das 9h às 17h, no Polo São Bento. Obs.: a CCE irá agendar futuramente as entrevistas com os inscritos. Resultado: 06/08/2012 Matrícula: 07/08/2012 a 08/08/2012 O aluno cujo curso for custeado por uma empresa deverá, depois de efetuar a matrícula, enviar a carta de compromisso da empresa para o email financeirocce@puc-rio.br, no prazo de 24 horas. Posteriormente enviaremos, à empresa, a nota fiscal e a ficha de compensação. Investimento: O curso poderá ser pago em 14 parcelas de R$ 280,00, sendo a primeira no ato da matricula e a(s) restante(s) no(s) mes(es) subsequente(s). Aceita-se pagamento com cartões de crédito American Express, Mastercard e Visa. Certificado: O aluno que preencher satisfatoriamente os quesitos frequência e/ou aproveitamento terá direito a certificado. Observações: Vagas limitadas. A realização do curso está sujeita à quantidade mínima de matrículas. Bolsas de Estudos: devido à natureza autofinanciada dos cursos oferecidos pela CCE, não há viabilidade financeira para a concessão de bolsas de estudo. PUC-Rio - Instituto São Bento/Casa São Francisco. R. Benjamin da Rocha Junior, 6 - São Bento - Duque de Caxias/RJ. Atendimento de segunda a sábado, das 8h às 15h30. Outras informações no link http://www.cce.puc-rio.br/sitecce/website/website.dll/folder?cOferec=6634

sábado, 14 de julho de 2012

O cearense Fábio, é o primeiro surdo a concluir um curso de mestrado em administração no Brasil,

Descrição da Imagem: Retrato de Fábio Benício que está fazendo sinais com as mãos. Um cearense é o primeiro surdo a concluir um curso de mestrado em administração no Brasil, segundo a Federação Nacional de Educação e Integração de Surdos. Fábio Benício teve nota máxima no exame de mestrado da Universidade de Fortaleza (Unifor) e agora vai tentar o doutorado. "O doutorado é o que busco, porque a gente precisa diminuir o preconceito", afirma Fábio. No estudo, Fábio abordou sugestões a escolas de ensino superior para incluir pessoas com deficiências auditivas, visuais e físicas. Ele lembra que poucas pessoas com deficiência têm oportunidade de cursar escolas de nível superior. Segundo o último do IBGE, em todo o Brasil 1.895 surdos cursam uma faculdade, e apenas 55 no Ceará. Ainda de acordo com o IBGE, no Ceará há cerca de 520 mil pessoas portadoras de deficiência auditiva. "É possível adaptar e incluir essas pessoas no sistema de educação, basta haver adaptação", diz o aluno. Fábio Benício estuda em uma escola de nível superior com ajuda de intérpretes em língua brasileira dos sinais (libras). Uma lei federal exige que todas as faculdades disponham do intérprete, mas nem todas as escolas cumprem a lei, segundo o Ministério da Educação. "Com pequenas mudanças você pratica inclusão social. Você pode abrir uma faculdade para essa comunidade que às vezes nem tem um lugar e desiste antes de tentar", diz Mônica Tassigny, diretora do curso de administração da Universidade de Fortaleza (Unifor), onde Fábio Benício estuda. A pedagoga e intérprete de libras Natália Almeida, que acompanhou o estudo de Fábio no mestrado, diz que teve muita dificuldade, mas que apoio os estudos do aluno. "É uma alegria bem especial essa questão dele ter sido aprovado. No início do trabalho com o Fábio, eu coloquei para ele: ´confie, apesar de todas as dificuldades, vou dar o melhor, você também. Você é competente e vai conseguir´", diz a pedagoga. Origem http://g1.globo.com/ceara/noticia/2012/07/cearense-e-o-primeiro-surdo-do-pais-ter-mestrado-em-administracao.html Fonte http://www.atitudeinclusao.com.br/secao/comportamento/1004/cearense-e-o-primeiro-surdo-do-pais-a-ter-mestrado-em-administracao/ler.aspx

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Convite para participar do 9º Congresso Brasileiro de Direito Educacional

Prezado educador! O Instituto de Pesquisas e Administração da Educação vem se dedicando ao desenvolvimento do Direito Educacional no Brasil. Possui um significativo acervo sobre o setor, congregando documentos e estudos desde a época do Brasil Colônia até os dias atuais. A atuação do IPAE nesse novo ramo do saber jurídico encontra-se detalhado em nosso site, podendo ser visto pelo link (http://www.ipae.com.br/portal/br/direito-educacional) O Instituto foi o responsável pela realização dos primeiros Seminários e Congressos Brasileiros de Direito Educacional. Após a concretização de vinte eventos presenciais (Rio de Janeiro, Brasília, São Paulo, Salvador, Porto Alegre, Aracaju, e Ribeirão Preto) decidiu realizar o primeiro Telecongresso Virtual através da internet. Os seminários e congressos, desde junho de 1989 até maio de 2011, trouxeram grandes contribuições ao estudo do Direiito Educacional, bem como a análise das políticas públicas, doutrinas e decisões jurisprudenciais que envolve as relações juspedagógicas. A partir da criação da ABRADE - Associação Brasileira de Direito Educacional a entidade tornou-se parceira em todos os encontros. Considerando o avanço tecnológico tornou-se possível promover, de forma pioneira, o 9° Congresso Brasileiro através de conferências videodigitais (com transmissão pela internet). O Congresso irá ao ar no dia 20 de julho, das 10 às 17 horas e será acessável por um link dedicado. O tema central será "O Direito Educacional no Brasil: antecendentes, estado da arte e perspectivas, em função dos avanços tecnológicos e mudanças sociais." O programa será o seguinte: 10h – O Direito Educacional no Brasil: antecedentes, estado da arte e perspectivas, em função dos avanços tecnológicos e mudanças sociais. 10h30 - A visão do Poder Judiciário sobre a educação. 11h - A visão do Poder Executivo sobre a educação . 11h30 - A visão do Poder Legislativo sobre a educação. 14h – A responsabilidade civil dos estabelecimentos de ensino. 14h30 - A responsabilidade civil e criminal dos profissionais de educação. 15h - A responsabilidade civil e criminal dos alunos e de seus responsáveis, quando menores. 15h30 – O ensino do Direito Educacional no Brasil. 16h - Conclusões, término da transmissão e início dos debates locais de cases decorrentes de demandas administrativas e judiciais na área do Direito Educacional. 17h Encerramento. Sabedores que muitos profissionais e pessoas interessadas no telecongresso não terão possibilidade de participar no dia e horários, o IPAE irá manter o congresso no ar durante os dez dias subsequentes. Como uma forma de contribuição com a comunidade jurídica e educacional o telecongresso terá transmissão gratuíta. É necessário, contudo, que seja feita a inscrição até o dia às 12 horas do dia 18 de julho. A apresentação do Congresso (com os apoiadores) encontra-se acessável por intermedio do link (http://www.ipae.com.br/ev/12.737.1.htm) Para as inscrições acesse nossa página eletrônica (http://www.ipae.com.br/ev/12.737.htm) Havendo alguma dúvida contate-nos pelo e-mail (instituto@ipae.com.br) Pedimos que difunde o Congresso junto aos seus contatos e colaboradores. Na certeza de sua participação, firmamo-nos, cordialmente. João Roberto Moreira Alves Presidente

quinta-feira, 12 de julho de 2012

PUC-RS: Revista Mundo Jovem.

Livros e Vídeos Você sabia que o Mundo Jovem também publica livros e vídeos? São obras que aprofundam os conteúdos do jornal, com a postura crítica que nos caracteriza e a preços acessíveis. Confira a lista completa de livros e vídeos visitando o site. Endereço: Cx Postal 1429 - PORTO ALEGRE - RS. Fone: 0800-515200 - Fax: (51) 3320-3889. Assinaturas: (assinaturas.mundojovem@pucrs.br), Redação: (mundojovem@pucrs.br). Site: http://www.mundojovem.com.br, Facebook: www.facebook.com/jornalmundojovem

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Centro Nacional de Referência em Tecnologia Assistiva (CNRTA)

Rede Nacional: O Ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), Marco Antonio Raupp, deve inaugurar no dia 20 de julho o Centro Nacional de Referência em Tecnologia Assistiva (CNRTA), alocado no Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer (CTI), em Campinas (SP). O centro será o principal articulador de uma rede nacional de 25 núcleos de tecnologia assistiva (laboratórios e unidades de pesquisa) que deverão conceber tecnologias para aumentar a acessibilidade de pessoas com deficiência. A criação do centro faz parte do Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência - Viver sem Limite, lançado em fevereiro deste ano pela presidenta Dilma Rousseff. Os núcleos, em 18 estados e no Distrito Federal, estarão vinculados às universidades federais e às unidades de pesquisa do ministério. O nome das instituições escolhidas foi publicado em portaria assinada pelo secretário de Ciência e Tecnologia para a Inclusão Social do MCTI, Eliezer Moreira Pacheco. No total, R$ 3 milhões do Orçamento da União 2012 já foram destinados ao centro e aos núcleos. Cada projeto poderá receber entre R$ 100 mil e R$ 500 mil. Os recursos serão transferidos para as unidades de pesquisa e universidades. Com o dinheiro, será possível comprar equipamentos e materiais necessários para a instalação dos núcleos. O pessoal que desenvolverá os projetos já é do quadro das unidades ou recebem bolsas de pesquisa do Conselho Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico (CNPq) ou da Comissão de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Eliezer Pacheco salienta que o desenvolvimento das tecnologias é estratégico para o país que ainda depende da importação de alguns materiais, como próteses. Segundo ele, "mais de 50% dos produtos disponíveis no Catálogo Nacional de Produtos de Tecnologia Assistiva são importados". Além da produção limitada, há poucos fornecedores no país, que estão concentrados no Sul e Sudeste. "Há um número limitado de empresas, uma ou duas, no máximo, por estado nas regiões Sul e Sudeste, principalmente fabricantes de cadeiras de roda e de próteses com produção industrial ainda restrita". O secretário explica que há uma grande diversidade de tipos de deficiência e muitos modelos de prótese, por exemplo, são fabricados ainda de forma artesanal ou sob medida. Eliezer Pacheco espera que os núcleos se articulem e se especializem para ajudar as pessoas com diferentes deficiências. "Quando falamos de todos os tipos de deficiência, falamos de locomoção, auditiva, visual, tudo aquilo que em última análise cria limitações ao exercício da cidadania". Para o secretário de Ciência e Tecnologia para a Inclusão Social do MCTI, além do problema de desenvolvimento tecnológico, o país precisa romper uma barreira cultural. "O que se observa no Brasil é uma carência de tecnologia, mas é uma questão cultural também (.) Convenhamos que para fazer rebaixamento de calçada e rampas em escadaria não precisa de nenhuma tecnologia, mas a vontade política de fazer", frisou. "É necessário que haja uma mudança na cultura dos brasileiros no sentido de entender a democracia como algo muito além do direito de votar e ser votado, mas, por exemplo, tornar acessível a todos os espaços acessíveis a todas as pessoas", lembrou. Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a partir do Censo Populacional 2010, indicam que há 24 milhões de brasileiros com algum tipo de deficiência. Em outro levantamento, a Pesquisa de Informações Básicas Municipais (Munic 2009), o IBGE verificou que 53,1% das sedes das prefeituras não têm nenhum dos 16 itens de acessibilidade investigados, como, por exemplo, a rampa para cadeirantes ou aparelhos de telefone para surdos e mudos. Fonte:http://sentidos.uol.com.br/canais/materia.asp?codpag=13909& Origem: Agência Brasil

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Pós-Graduação Lato Sensu nas áreas de Teologia, Pedagogia e Música com diplomas reconhecidos pelo MEC.

Há 104 anos o Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil vem qualificando líderes e lapidando ministérios para o serviço ao Reino de Deus. Atualmente, temos dois cursos de graduação: Bacharel em Teologia e Licenciatura em Música, ambos com diplomas Reconhecidos pelo MEC. Temos também quatro cursos de Pós-Graduação Lato Sensu nas áreas de Teologia, Pedagogia e Música, também com diplomas reconhecidos pelo MEC. Site – www.seminariodosul.com.br

domingo, 8 de julho de 2012

Festa Literária Internacional de Paraty-2012

Com a presença de autores mundialmente respeitados, como Julian Barnes, Don DeLillo, Eric Hobsbawm e Hanif Kureishi, a primeira Festa Literária Internacional de Paraty, realizada em 2003, inseriu o Brasil no circuito dos festivais internacionais de literatura. Ao longo de suas edições seguintes, a Flip ficou conhecida como um dos principais festivais literários do mundo, caracterizada não só pela qualidade dos autores convidados, mas também pelo entusiasmo do público e pela hospitalidade da cidade. Nos cinco dias de festa, a Flip realiza cerca de 200 eventos, que incluem debates, shows, exposições, oficinas, exibições de filmes e apresentações de escolas, entre outros, distribuídos em Flip . Site do evento http://www.flip.org.br/institucional.php

sexta-feira, 6 de julho de 2012

CCE - PUC-RIO: Planejamen​to e Gestão da Cidade: Políticas, Programas e Projetos Socioambie​ntais

Caso não consiga visualizar esta imagem acesse: http://www.cce.puc-rio.br/informativo/infoplanejamentocidade.html

quinta-feira, 5 de julho de 2012

III Seminário Internacional História e Historiografia e o X Seminário de Pesquisa do Departamento de História da UFC

Estão aberta as inscrições para o III Seminário Internacional História e Historiografia e o X Seminário de Pesquisa do Departamento de História da UFC a se realizar nos dia 01, 02 e 03 de outubro no campus do Benfica. As inscrições para apresentação de trabalhos e ouvintes poderão ser feitas pelo site www.iiisihh.ufc.br de 13/06 a 13/08 de 2012. Comissão organizadora: Antonio Gilberto Ramos Nogueira (Presidente)- Adelaide Maria Gonçalves Pereira -Ana Amélia de Moura Cavalcante de Melo- Ana Rita Fonteles Duarte - Antonio Luis Macedo e Silva Filho- Eurípedes Antônio Funes- Franck Pierre Gilbert Ribard - Frederico de Castro Neves -Irenísia Torres de Oliveira -Jailson Pereira da Silva -Kênia Souza Rios -Meize Regina de Lucena Lucas. Comitê Científico: Antonio Gilberto Ramos Nogueira (Presidente-UFC)- Marcus Joaquim Maciel Carvalho (UFPE)- Rafael Chambouleyron (UFPA)- Marcus Cruz (UFMT)- Adelaide Maria Gonçalves Pereira- Antonio Luis Macedo e Silva Filho -Franck Pierre Gilbert Ribard -Frederico de Castro Neves -Eurípedes Antônio Funes- Meize Regina de Lucena Lucas. Contatos: infoiiisihh@ufc.br, Fonte http://www.iiisihh.ufc.br/index.php/comissoes-menuitem

terça-feira, 3 de julho de 2012

Jornada de Psicologia da Santa Casa de São Paulo.

Link de acesso http://www.santacasasp.org.br/upSrv01/UP_PUBLICACOES/5107/4918_I_Jornada_Psicol_Materno_Infantil_email.pdf

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Estação das Letras

Estação das Letras: Rua Marquês de Abrantes, 177 - Lojas 107/108 :: Flamengo Rio De Janeiro, RJ22230-060 Brazil. Tel: (21) 3237-3947. Site http://estacaodasletras.com.br/

Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil

Há 104 anos o Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil vem qualificando líderes e lapidando ministérios para o serviço ao Reino de Deus. Atualmente, temos dois cursos de graduação: Bacharel em Teologia e Licenciatura em Música, ambos com diplomas Reconhecidos pelo MEC. Temos também quatro cursos de Pós-Graduação Lato Sensu nas áreas de Teologia, Pedagogia e Música, também com diplomas reconhecidos pelo MEC. Para completar seu prepraro ao serviço do Reino, temos cursos livres de Teologia Ministerial, Teologia Básica, Liderança de Crescimento Cristão e Música para Igreja Não perca tempo! Visite nosso site - www.seminariodosul.com.br